região

BM vai abrir inquérito para investigar caso de agressão em Rosário do Sul

Motorista diz ter sido torturado por três policiais militares após abordagem

18.297

A Brigada Militar vai instaurar um inquérito policial para investigar um caso de agressão em Rosário do Sul. Um motorista, 35 anos, afirma ter sido agredido e torturado por três policiais militares na madrugada do último sábado após uma abordagem de rotina. 

VÍDEO: casa de jogos é interditada em Santa Maria

De acordo com o homem, ele estaria dirigindo um veículo sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e foi parado em uma blitz. Quando relatou que estava sem o documento, os PMs teriam feito ele descer do veículo, o algemado e começado as agressões, com chutes, socos e pisões na cabeça. Ele foi detido e encaminhado para o hospital, onde realizou o exame de corpo de delito. Depois, ele ainda teria sido levado para às margens do Rio Santa Maria, onde as agressões continuaram e só teriam terminado quando uma pessoa que estava no camping começou a gritar. Então os policiais teriam encaminhado o homem para a Delegacia de Polícia. 

- Eu vi a morte de perto, achei que não ia sair vivo. Eles não tinham motivos para fazer isso, foi uma tortura - conta o homem, que teve a identidade preservada pelo Diário. 

O caso foi registrado por ele na Polícia Civil e no Ministério Público. 

Polícia investiga homicídio culposo em Formigueiro

A VERSÃO DA BM 
Segundo o capitão Magno Siqueira, que responde pela BM de Rosário do Sul, a ocorrência registrada pelos policiais que estavam de serviço na madrugada de sábado - os quais o homem diz serem os autores das agressões - informa que, quando foi solicitado que o motorista descesse do veículo por estar sem carteira, o homem teria desacatado e tentado agredir os PMs e, por isso, teria sido necessário o uso de força. Ele foi detido em flagrante pela BM por embriaguez, desacato e resistência. O homem se negou a fazer o teste do bafômetro - na ocorrência que ele registrou informa que o exame não foi realizado porque ele estava sentido muitas dores após as supostas agressões. 

O inquérito deve investigar a conduta dos três policiais militares. Até que a apuração seja concluída, eles devem continuar em suas funções na BM. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190