agressão

Bebê de Cacequi agredida pelo pai teve alta hospitalar

O agressor foi indiciado por tentativa de feminicídio e está preso no Presídio Estadual de Cacequi

18.398

A bebê agredida pelo próprio pai em Cacequi teve alta hospitalar depois de mais de um mês internada no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm). O pai da menina foi indiciado por tentativa de feminicídio e está preso no Presídio Estadual de Cacequi.

Conforme o Husm, a bebê teve alta no último sábado. O primeiro atendimento dela foi ainda no hospital de Cacequi. Posteriormente, a menina foi transferida ao Husm em estado grave e com múltiplas fraturas no crânio, na clavícula e no abdômen.

O CASO
De acordo com o delegado Fábio Miguez, responsável pelas investigações, a mãe, de 19 anos, levou a criança com diversas lesões até o hospital da cidade. Após tomar conhecimento do caso, o Conselho Tutelar comunicou à polícia que a bebê estava sendo maltratada pelo pai, um jovem de 21 anos.

Em trabalho conjunto com a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Santa Maria, foram realizadas diligências e o jovem foi preso preventivamente por tentativa de feminicídio.

- Em depoimento, o pai negou a agressão. A mãe, apesar de não ter afirmado, deu a entender que houve uma agressão por parte do companheiro. Pelos depoimentos de pessoas próximas, constatamos que ele é uma pessoa muito controladora e não queria ter a criança - afirma o delegado.

O agressor foi indiciado por tentativa de feminicídio


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190