contatos Assine
insegurança

Autoridades de Mata pedem atuação de policiais durante a madrugada

12 Março 2018 20:14:00

Prefeito e vereador solicitaram aumento de efetivo ao novo chefe do Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) Central

Camila Gonçalves

Foto: Gabriel Haesbaert (Arquivo)
Agência do Banco do Brasil foi um dos alvos da quadrilha no segundo assalto à estabelecimentos na cidade

Autoridades de Mata continuam mobilizadas para buscar mais segurança na cidade. Hoje, faz seis dias do mais recente episódio de violência no município, quando uma quadrilha arrombou agências bancárias e estabelecimentos comerciais com tiros e marretadas. Em 1º de fevereiro, a cidade já havia sido alvo de uma quadrilha que explodiu duas agências bancárias e arrombou uma terceira. Na manhã desta segunda-feira, o prefeito de Mata, Sérgio Bruning, o vereador Ivo Hohenberger (PT) e o deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) estiveram reunidos com o coronel Marcus Vinicius Souza Dutra, que assumiu a chefia do Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) Central na semana passada. O grupo foi pedir reforço no policiamento, especialmente durante a madrugada. Segundo o prefeito, nesse período, a cidade fica desguarnecida. Há apenas cinco policiais militares que trabalham do meio-dia à meia-noite.  

Agricultor e administrador são condenados por fraude no auxílio-doença

Segundo o comandante do CRPO, desde a última sexta-feira, Mata conta com reforço do efetivo do 2º Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar. O coronel disse que entende que o crime teve grande impacto na comunidade e que uma das alternativas que a prefeitura deve considerar é a implantação de câmeras de monitoramento, principalmente, nos pontos de entrada da cidade. Na reunião, foi citado o caso de Marau, que adotou um sistema capaz de ler placas alertando sobre a presença de carros roubados ou suspeitos, e a central de monitoramento, que permite o controle de boa parte da cidade. Por lá, os índices de criminalidade caíram até 55% desde a implantação do cercamento eletrônico em outubro de 2014.

Sobre a implantação de câmeras de monitoramento, o prefeito de Mata explica que a cidade não tem recursos disponíveis para investir, mas que já existem tratativas com empresários dispostos a contribuir financeiramente para o projeto.

Jovem é morto a tiro em Cruz Alta

Bruning disse ainda que vai apresentar ao comando nomes de policiais militares com interesse em atuar em Mata para que sejam transferidos. O coronel Dutra explica que a indicação de soldados é importante, mas que existe um estudo que deve ser feito para não deixar defasados os municípios de onde esses policiais seriam transferidos.

- Quando se tem necessidade de ampliação do efetivo, não é simplesmente indicar um nome. Antes desses fatos em Mata, o registro da ocorrência de maior incidência lá era de perda de documentos. Claro que, ataques como esse, em comunidades pacatas, são vistos como uma anormalidade, por isso, a importância do monitoramento por câmeras - avalia o comandante.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249