santa maria

Após uma semana em cativeiro, jovem que teria sido estuprada por namorado e amigo é resgatada

Caso ocorreu no Centro. Outra jovem, de 27 anos, também foi libertada de cárcere privado no Bairro Divina Providência

18.398
Foto: Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

Duas jovens, de 26 e 27 anos, que estavam em cárcere privado em Santa Maria, foram resgatadas pela polícia na noite de quarta-feira. Um dos casos aconteceu no Bairro Centro, por volta de 18h40min, e outro no Bairro Divina Providência, por volta de 19h10min. 

No primeiro caso, uma jovem, de 26 anos, era mantida em cárcere privado há uma semana. O namorado dela, de 35 anos, e outro homem, de 41, foram presos.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a Brigada Militar estava em patrulhamento, quando pessoas que passavam pelo local informaram que uma mulher estava gritando por socorro. 

Polícia Civil faz operação para combater briga de facções em Restinga Sêca

Ao conversarem com a vítima, ela relatou aos policiais que estava sendo mantida em cárcere privado há mais de uma semana, sem alimentação e sem água. Ainda segundo a ocorrência, ela disse também que, neste período, foi espancada e estuprada pelo namorado e por um amigo dele.

Segundo a delegada Elizabete Shimomura, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), a jovem conheceu o namorado há cerca de três meses. Inicialmente, ele teria dito à namorada que trabalhava como telemoto. Mas, depois, ela teria descoberto o envolvimento dele com tráfico de drogas.

- Vamos investigar o caso, mas, provavelmente, ela descobriu o envolvimento do namorado e desse amigo dele com tráfico de drogas, e por isso foi mantida em cárcere na casa deles. Ela disse que tentou sair algumas vezes, mas não conseguiu. Ontem (quarta-feira), os dois teriam consumido algumas drogas, acabaram dormindo e deixaram a chave na porte, então ela conseguiu sair - revela a delegada. 

No boletim ainda consta que a jovem apresentava hematomas, cortes pelo corpo e estava debilitada. Ela teria conseguido fugir enquanto os dois suspeitos dormiam. A dupla foi presa e encaminhada à Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm). A jovem foi encaminhada ao Pronto-Atendimento do Patronato e, posteriormente, ao Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) para atendimento médico. 

OUTRO CASO
Um pouco mais tarde, no Bairro Divina Providência, a Brigada Militar foi acionada para atender a uma ocorrência de dano. Chegando local, conforme o boletim, os policiais constataram os danos em dois televisores, em louças e no sofá.

Ainda segundo a ocorrência, uma jovem, de 27 anos, que estava no local, relatou que estava sofrendo violência doméstica do companheiro, de 36 anos, e estava em cárcere privado há dois dias, sofrendo tortura psicológica e diversas agressões, como socos no rosto, esganadura, mordidas.

De acordo com da delegada Elizabete, a jovem começou a quebrar os móveis e objetos da casa para tentar chamar a atenção de vizinhos e da polícia, já que estava sendo violentada pelo companheiro.

- A vítima falou em depoimento que voltou a morar com o companheiro em 15 de outubro e, desde então, estava sendo agredida e torturada. O companheiro fazia ameaças, dizia que ia matar ela e a família e não deixava que ela saísse de casa. Nos últimos dias, a violência teria aumentado - conta a delegada.

Ainda de acordo com Elizabete, o suspeito possui antecedentes criminais por dois homicídios, tráfico de drogas e roubo. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Pesm. 

*Colaborou Janaína Wille


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190