obituário

Morreu o corretor e gestor imobiliário José Darci de Deus

O agudense residia em Gravataí

Fotos: Arquivo Pessoal

O corretor e gestor imobiliário José Darci de Deus, 58 anos, nasceu em Agudo. Ele era filho de Maria Pinto e Amaro de Deus, falecidos. Ele teve nove irmãos, Alberi e Marisa, falecidos, Valderez, Alcenir, Leonira, Ivanez, Evanilda, Jucelaine e Adilson. 

José Darci era casado com a advogada Raquel Silva de Deus, e teve três filhos, Deivid, Priscilla e Gabriel Silva de Deus. Nos últimos anos, o agudense residia em Gravataí, onde se formou em Negócios Imobiliários. 

Batalhador, determinado, dinâmico e resiliente, são algumas das definições que Ivanez atribui ao irmão: 

- Ele ajudava a todos que necessitassem. José Darci amava a família e os amigos. Ele se preocupava muito com o bem-estar e crescimento pessoal de todos ao redor dele. 

O sonho de José Darci, segundo a irmã, era deixar um legado positivo. 

- Ele estava sempre fazendo reparos na casa, a fim de melhorar a comodidade e segurança da família - fala Ivanez. 

José deixou gratas lembranças à sobrinha Renata Schiefelbein, 26 anos. Ela conta que, quando teve depressão, passou 14 dias na casa de José Darci, que a recebeu junto aos familiares.

- Ninguém ficava cabisbaixo perto dele. Com o tio, não tinha tempo ruim. Aqueles foram os melhores dias da minha vida. Ele até tentou convencer a mim e à minha família a irmos morar na cidade dele. Iríamos em julho deste ano - emociona-se, Renata. 

Ainda conforme a sobrinha, José Darci encorajava a todos que conhecia. Para ela, fica a saudade de quem torcia pela felicidade e sucesso dos outros. 

- O tio sempre nos dizia palavras como "confio em ti" e "sei que vai conseguir". Isso fazia muita diferença em nossa rotina. 

O sobrinho Joan Paulo Padilha, 29 anos, comenta que o corretor era destemido e trabalhador. Como tio, era participativo, principalmente na infância. 

Ele relembra momentos especiais que passaram juntos: 

- Recordo a primeira vez que fui em um estádio de futebol. Foi ele que me levou. Em Gravataí, costumávamos ir em parques de diversões. Quando eu era criança, adorava ir brincar na casa dele. Vamos sentir muita saudade. 

José Darci de Deus morreu em 8 de fevereiro de 2020. A causa não foi informada. Ele foi sepultado no dia seguinte, no Cemitério Jardim Celestial, em Gravataí.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190