obituário

Falecimentos em Santa Maria e região

Anita Amabile Bonella Balen morreu em 23 de fevereiro, aos 97 anos. Idi da Silva Godoy morreu em 22 de fevereiro, aos 82 anos

18.398

Os obituários são publicados semanalmente aos fins de semana na edição impressa e online do Diário. As informações podem ser enviadas para [email protected] ou pelo telefone (55) 3213-7121.

Anita Amabile Bonella Balen
Filha dos agricultores Luiz Bonella e Ancila Catrine Bonella, Anita Amabile Bonella Balen era uma das últimas imigrantes da Itália na Quarta Colônia. Ela nasceu na região de Trento, no norte da Itália, e com 40 dias de vida saiu da Europa com os pais rumo ao Rio Grande do Sul. Depois de mais de um mês de viagem de navio, trem e carroça, a família desembarcou em Silveira Martins, onde viveram durante toda a vida ao lado de quatro irmãos: Clara, Josefina, Aleixo (falecido) e Dino (falecido).

Já em Silveira Martins, ela conheceu o agricultor Júlio Alberto Balen (falecido), com quem foi casada por 64 anos e teve seis filhos: Orlhentino, Euclides, Inês, Danilo, Glécio e Neri. Eles também tiveram oito netos e um bisneto.

Estudou até o primário e sempre trabalhou na agricultura e nas tarefas domésticas. Sua paixão era conviver com a família e cozinhar em seu fogão a lenha.

- Ela deixou a virtude do bom ensinamento, dos bons costumes, do hábito da gente viver em família. Ela sempre nos ensinou que temos que fazer nosso trabalho, não importa no que seja, da forma mais digna, era era um exemplo de boas atitudes - conta o filho Neri.

Anita participou de inúmeros desfiles e de eventos da Semana do Imigrante, e foi diversas vezes homenageada pela comunidade da Quarta Colônia.

Anita Amabile Bonella Balen faleceu aos 97 anos por conta de uma parada cardíaca, em 23 de fevereiro de 2021. Ela foi sepultada no mesmo dia, no cemitério da localidade de Linha Dois Norte.

Idi da Silva Godoy
Filha do ferroviário e goleiro do Riograndense João Rodrigues da Silva, o Tatu, e da dona de casa Maria Gregória da Silva, Idi da Silva Godoy, conhecida como Dona Preta, nasceu e cresceu em Santa Maria. Irmã de Neri Rodrigues da Silva (falecido), ela era uma das moradoras mais antigas do Bairro Carolina.

No coração do Rio Grande, conheceu Dirceu Ilha Godoy (falecido), com quem foi casada por quase 50 anos. Dessa união, vieram seis filhos e mais um do coração: Valmir, Elaine (falecida), Marta, Ricardo (falecido), Alice, Vilceu e Gustavo. Ela também teve nove netos e 12 bisnetos.

Dona Preta estudou até o primário e depois foi ajudar nas tarefas em casa. Depois de ter seus filhos, trabalhou em diversas empresas como os antigos hotéis Pirajú e Jantzen, Hospital de Caridade e extinta Ulgade Móveis. Sua mãe, Maria Gregória, era quem a ajudava a cuidar dos filhos enquanto estava fora.

- Ela deixa a marca de mulher guerreira, batalhadora, que adorava a família que tinha. Sempre muito preocupada com todos, teve muitos momentos bons com a família. Mesmo com momentos tristes, como na perda de meu pai em 2002, dois dos meus irmãos, em 2010 e 2019, e da minha mulher em julho do ano passado, ela sempre foi forte. Ela tinha alguns problemas de saúde, como diabetes e hipertensão, mas estava bem, nunca imaginávamos que a perderíamos para este vírus maldito - conta o filho Vilceu Godoy.

Ela gostava muito de viajar e passear, e sempre ia para a praia, principalmente para Capão da Canoa, que era seu lugar favorito. Quem sempre a levava era a filha Marta, que fazia todas as suas vontades. Os filhos a consideravam uma mãezona, e sua maior paixão era ter todos debaixo de suas "asas".

- Minha mãe dava um dedo para estar viajando, ela conheceu muitos lugares, sempre levada pela minha irmã. Ela era o alicerce da nossa família, mesmo com muitas dificuldades e perdas, ela nunca desistiu de nada, nunca se abalou - comenta a filha Alice Medianeira Godoy.

Idi da Silva Godoy faleceu aos 82 anos em 22 de fevereiro de 2021, vítima da Covid-19. Ela foi sepultada no dia seguinte, em 23 de fevereiro, no jazigo da família no Cemitério Ecumênico Municipal.

mais sobre:

obituário


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190