distanciamento controlado

Vejas regras da bandeira preta em vigor até 21 de março

Governo estadual estendeu classificação por mais duas semanas

Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)

Foto: Renan Mattos (Diário)

Durante o anúncio das medidas feitas no final da tarde de sexta-feira, o governo do Estado explicou que fica proibida a venda de produtos não essenciais em estabelecimentos comerciais que podem atuar presencialmente. Por exemplo, mercados não poderão vender itens como roupas, brinquedos, eletrodomésticos ou eletroeletrônicos de modo presencial.

Estado espera definição sobre vacinação de profissionais da educação ainda em março

A medida consta de um decreto complementar que será publicado ainda na sexta-feira. Caso a regra seja descumprida, o estabelecimento pode sofrer sanções. Além disso, alguns serviços passaram por alterações nos protocolos (confira no quadro abaixo). Um exemplo é a reparação e manutenção de objetos e equipamentos: podem funcionar, visto que são atividades essenciais.

Cacequi decreta lockdown a partir da noite desta sexta

A apresentação também ajustou os termos utilizados em três setores. Conforme o governo estadual, sorveterias se incluem nas regras de lancherias. Serviços de estética estão na mesma classificação de salões de cabeleireiro e barbearias. Além disso, serviços de manutenção residencial, como chaveiros, encanadores e similares, estão permitidos em áreas residenciais.

Hospital de Caridade vai abrir 10 novos leitos de UTI para Covid-19

As mudanças foram discutidas em reunião com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).

COMÉRCIO

Comércio não essencial

  • A partir do decreto, o comércio varejista e atacadista não essencial permite tele-entrega e teleatendimento, com presença de um trabalhador, com máscara, para cada 8m² de área de circulação. O atendimento na porta fica proibido

Comércio essencial

  • Podem ficar ABERTAS e ATENDER O PÚBLICO empresas que vendem itens essenciais, mas respeitando a lotação (trabalhadores mais clientes) de uma pessoa, com máscara, para cada 8m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI
  • Essas empresas também podem funcionar no modelo tele-entrega, pague e leve e drive-thru
  • O horário permitido para atendimento presencial é até as 20h, conforme decreto do Estado, que vale até 31 de março. Após esse horário, só por tele-entrega

Podem abrir

  • Supermercados e minimercados (podem ser comercializados apenas itens essenciais, como gênereos alimentícios, itens de limpeza e materiais de higiene)
  • Açougues
  • Padarias e similares*
  • Postos de combustíveis (neste, é proibido aglomeração e consumo de alimentos e bebidas)

*Não pode haver consumo de alimentos no local

O que são atividades essenciais
São indispensáveis ao atendimento de necessidades inadiáveis da comunidade e que, se não atendidas, colocam em risco a sobrevivência, saúde ou segurança da população. Portanto, não podem parar nem em bandeira preta. 

  • Atendimentos de saúde (também para animais)
  • Assistência social
  • Segurança pública e privada
  • Defesa civil
  • Transporte de passageiros
  • Telecomunicações, internet e call center
  • Serviços de água, lixo, esgoto, energia elétrica, fiscalizações e inspeções
  • Obras de engenharia
  • Iluminação pública
  • Produção, distribuição, comercialização e entrega de produtos de saúde, higiene, limpeza, alimentos, bebidas e materiais de construção
  • Serviços funerários
  • Bancos
  • Lotéricas
  • Correios
  • Meios de comunicação
  • Produção de petróleo e produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados
  • Produção, distribuição e comercialização de equipamentos essenciais ao transporte, segurança e saúde, bem como à produção, à industrialização e ao transporte de cargas, em especial de alimentos, medicamentos e de produtos de higiene
  • Atividades de pesquisa, científicas, laboratoriais relacionadas à pandemia
  • Atividades relacionadas à construção, manutenção e conservação de estradas e de rodovias
  • Atividades religiosas de qualquer natureza

ALIMENTAÇÃO

  • Restaurantes, bares, lancherias e sorveterias não podem atender presencialmente ao público, mas podem funcionar com 25% de trabalhadores para tele-entrega, pague e leve ou drive-thru. É proibido serviço de bufê (self service). Nas empresas em beira de estradas e rodovias, clientes podem ingressar no local, com lotação de 25%
  • Segundo o último decreto municipal, as atividades por delivery (tele-entrega) podem funcionar até a meia-noite em Santa Maria. Porém, o pegue e leve é permitido até as 20h

EDUCAÇÃO
Com um decreto da última segunda, o Estado permite aulas presenciais no Ensino Infantil e nos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental. Nesses casos, é preciso que haja distanciamento de 1,5 metro entre as classes e é proibido materiais e atividades coletivas. Em Santa Maria, a prefeitura decidiu seguir as regras do Estado, permitindo aulas híbridas (presenciais e remotas) no Ensino Infantil e nos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental. Há liberação também para aulas práticas essenciais para cursos da área de saúde. Porém, uma liminar proíbe a realização de aulas presenciais, restringido as atividades escolares ao sistema remoto

  • SERVIÇOS
  • Manutenção e reparação de veículos automotores (rua) - Pode funcionar, mas com a lotação de uma pessoa, com máscara, para cada 8m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI
  • Clínicas veterinárias podem funcionar com 50% dos trabalhadores, mas pet shops que ofertam serviços de higiene e alojamento devem ficar fechados
  • Reparação e manutenção de equipamentos - Fechado
  • Lavanderias e similares - 25% de trabalhadores e atendimento ao público exclusivo por tele-entrega, drive-thru ou pague e leve
  • Cabeleireiro e barbeiro - Fechado
  • Funerária - 100% de trabalhadores
  • Organizações sindicais, patronais, empresariais e profissionais - 25% de trabalhadores, e o atendimento deve ser feito remotamente
  • Bancos, lotéricas e similares - 50% de trabalhadores e atendimento só por agendamento
  • Imobiliárias e similares - 25% de trabalhadores, e o atendimento deve ser feito remotamente
  • Serviços de consultoria, engenharia, advocacia, contabilidade, administrativos e auxiliares, turismo e similares - 25% de trabalhadores, e o atendimento deve ser feito remotamente
  • Serviços domésticos - O novo decreto passa a permitir o trabalho de faxineiros, cozinheiros, motoristas, babás, jardineiros e similares, o que antes estava proibido na bandeira preta. Os prestadores do serviço poderão atuar, com limite de até 50% de trabalhadores (sempre ao que exceder quatro funcionários), além do uso obrigatório da máscara pelos empregado(s) e empregador(es)
  • Correios - 50% trabalhadores e atendimento presencial restrito

TRANSPORTE

  • O transporte terrestre coletivo de passageiros municipal pode operar com 50% capacidade total do veículo. Já o executivo/ seletivo, intermunicipal e interestadual pode operar com 50% dos assentos (janela)

LOCAIS PÚBLICOS, PARQUES E ATRATIVOS TURÍSTICOS

  • Fica proibida a permanência de pessoas nas ruas, calçadas, parques, praças, faixas de areia, praias e balneários. A população pode circular por esses locais, com distanciamento de 1 metro e uso de máscara. Banhos de mar e esportes aquáticos individuais são permitidos
  • Parques de diversão e atrativos turísticos, é possível operar com 25% de trabalhadores, mas o atendimento ao público é proibido. Em parques e reservas naturais, jardins botânicos e zoológicos o teto de funcionários é de 50%, também sem acesso ao público

CULTURA, ESPORTE E LAZER

  • Teatros, circos, cinemas, bibliotecas, ateliês, feiras e exposição corporativa e comercial, seminários e todos os tipos de eventos e reuniões estão proibidos. Museus, centros culturais e similares podem operar com 25% de trabalhadores, mas sem atendimento ao público
  • Serviços de educação física em academias, centros de treinamento, piscinas, clubes sociais e esportivos não podem funcionar.
  • As partidas de futebol profissional só poderão ser realizadas após as 20h. Como já havia sido definido anteriormente, segue vedada a presença de público. Outras competições esportivas terão de passar por avaliação e autorização prévia do Gabinete de Crise

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

  • Serviços não essenciais o teto de operação é 25% de trabalhadores, priorizando teletrabalho e atendimento presencial restrito. Já saúde, segurança, atividades de fiscalização e inspeção sanitária podem operar com 100% da capacidade

ALOJAMENTO

  • Hotéis e similares devem operar com 30% dos quartos. As áreas comuns, como brinquedos, piscinas, saunas e academias devem ser fechadas. Restaurantes e lancherias dentro desses locais devem seguir as mesmas regras de estabelecimentos de rua, ou seja, sem atendimento ao público. Em hotéis em beira de estrada e rodovias, é permitido operar com 75% dos quartos, mas as demais regras seguem

CONSTRUÇÃO

  • Na construção de edifícios, obras de infraestrutura e serviços de construção, é permitido operar com 75% de trabalhadores. Ao contrário de antes, todos tipos de obras ficam permitidas observando o teto de funcionários.

INDÚSTRIA

  • É permitido operar com até 75% de trabalhadores, mas priorizado o máximo de teletrabalho possível. É obrigatório o uso correto de máscara e distanciamento mínimo de 1 metro entre cada trabalhador

SERVIÇOS RELIGIOSOS

  • Templos religiosos vão poder funcionar com limite de até 10% do teto de ocupação ou máximo de 30 pessoas. Até então, na bandeira preta, missas e serviços religiosos não podiam ter atendimento ao público e comportar apenas 25% dos trabalhadores para captação vídeo


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190