por todos nós

VÍDEO: tecnóloga em alimentos faz sucesso com venda de doces em Santa Maria

Lisandra Cuti criou a marca Doces da Lisa, em 2016

18.398
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)
Lisandra Cuti comemoras o fluxo de vendas, que se iniciou entre amigos. Hoje, recebe pedidos até de fora do país através do Instagram Renan Mattos, 30/12/2020 A CAMPANHA DOCES DA LISA w A iniciativa #PorTodosNós convida cada santa-mariense a valorizar quem produz aqui, gera renda e empregos e ajuda o Coração do Rio Grande a pulsar mais forte, mantendo a esperança de dias melhores para o futuro de Santa Maria w Em ações institucionais, editoriais e comerciais, o Diário mostra a importância de consumir de quem trabalha por todos nós. A campanha teve início no dia 18 de abril de 2020 e seguirá com reportagens diárias nas plataformas impressa e digital w Ela é promovida em parceria com a prefeitura de Santa Maria e tem o apoio de 29 entidades e instituições de Santa Maria w Atuação ? Venda de bolos, tortas e doces variados w Fundação ? 2016 w Endereço ? Rua Oscar Henrique Zappe, 196, Bairro Itararé w E-mail ? [email protected] com w Telefone e WhatsApp ? (55) 99163-6732 w Instagram e Facebook ? @ docesdalisa.sm Sala de Debate Programa vai ao ar ao vivo de segunda a sexta, em dois horários ? do meio-dia às 13h30min e das 19h às 20h30min ? sob o comando dos jornalistas Claudemir Pereira e Marcelo Martins. Onde assistir ? Nos canais 26 e 526 da Net/Claro e nas redes sociais do Diário O mercado de trabalho concorrido é uma realidade para todo mundo. Por vezes, temos habilidades que, se não aproveitadas pelas empresas, podem ser úteis para nós mesmos. A tecnóloga em alimentos e estudante de Química Industrial Lisandra Kopp Cuti, 27 anos, trabalhou como analista de controle de qualidade na CVI Refrigerantes, e como atendente no Monet Plaza Shopping. Após ficar desempregada, decidiu fazer doces para vender aos conhecidos. Já no início do empreendimento, a tecnóloga investiu em novas receitas, afinal, ela sempre gostou de experimentar novidades na culinária. ? Eu produzia mais para o pessoal de casa. Depois, comecei a levar doces para colegas da faculdade e fui comercializando aos poucos, conforme a demanda. Assim, nasceu o Doces da Lisa ? lembra Lisandra. CRESCIMENTO No ano passado, as vendas aumentaram. Com os clientes pedindo cada vez mais, os comentários positivos foram difundindo a marca. Além das vendas individuais, ela também passou a fornecer seus produtos para eventos, como de Dia das Mães, Dia da Mulher em escolas e demais celebrações que aconteciam. Com isso, ela também decidiu trabalhar com uma nova receita. ? Nunca pensei em fazer bolo, achei que não era para mim. No Dia dos Namorados, experimentei fazer um, e desde então, não parei mais, visto que as pessoas começaram a pedir com frequência ? diz Lisa, que em agosto deste ano, passou a utilizar a cozinha da casa ao lado, dos pais, exclusivamente para fazer as receitas. As vendas aumentaram significativamente com a criação do Instagram do empreendimento, em janeiro deste ano. A visibilidade aumentou ao ponto de muitos clientes de fora do Estado, e até mesmo do país, começarem a solicitar os serviços. A esteticista Gabriela Guerra Soares, 37 anos, mora nos Estados Unidos. Ela encontrou a Doces da Lisa na rede social, e não pensou duas vezes antes de fazer um pedido. ? Pedi um dos doces dela para dar de presente a um grande amigo. Como sou formada em Gastronomia, mesmo sem provar, vi que eram muito bem elaborados. Sem falar do atendimento, muito atenciosa e teve paciência de fazer exatamente como eu queria ? conta a esteticista. QUALIDADE A ideia do empreendimento não é apenas fidelizar a clientela pelo sabor diferenciado, mas explicar cada processo e detalhe da produção dos doces. A tecnóloga trabalha, ainda, com receitas diet, sem glúten e sem lactose. ? Quero mostrar aos consumidores a qualidade do produto, como é feito e até mesmo cada ingrediente ? explica. Por mês, Lisa chega a vender entre 500 e 1 mil docinhos. Com experiência em empresas do comércio local, para ela, é ess

Foto: Renan Mattos (Diário)/Lisandra Cuti comemoras o fluxo de vendas, que se iniciou entre amigos. Hoje, recebe pedidos até de fora do país através do Instagram 

O mercado de trabalho concorrido é uma realidade para todo mundo. Por vezes, temos habilidades que, se não aproveitadas pelas empresas, podem ser úteis para nós mesmos. 

A tecnóloga em alimentos e estudante de Química Industrial Lisandra Kopp Cuti, 27 anos, trabalhou como analista de controle de qualidade na CVI Refrigerantes, e como atendente no Monet Plaza Shopping. Após ficar desempregada, decidiu fazer doces para vender aos conhecidos. Já no início do empreendimento, a tecnóloga investiu em novas receitas, afinal, ela sempre gostou de experimentar novidades na culinária. 

- Eu produzia mais para o pessoal de casa. Depois, comecei a levar doces para colegas da faculdade e fui comercializando aos poucos, conforme a demanda. Assim, nasceu o Doces da Lisa - lembra Lisandra. 

Decreto determina novos horários para comércio, restaurantes e distribuidoras

CRESCIMENTO

No ano passado, as vendas aumentaram. Com os clientes pedindo cada vez mais, os comentários positivos foram difundindo a marca. Além das vendas individuais, ela também passou a fornecer seus produtos para eventos, como de Dia das Mães, Dia da Mulher em escolas e demais celebrações que aconteciam. Com isso, ela também decidiu trabalhar com uma nova receita. 

- Nunca pensei em fazer bolo, achei que não era para mim. No Dia dos Namorados, experimentei fazer um, e desde então, não parei mais, visto que as pessoas começaram a pedir com frequência - diz Lisa, que em agosto deste ano, passou a utilizar a cozinha da casa ao lado, dos pais, exclusivamente para fazer as receitas. 

As vendas aumentaram significativamente com a criação do Instagram do empreendimento, em janeiro deste ano. A visibilidade aumentou ao ponto de muitos clientes de fora do Estado, e até mesmo do país, começarem a solicitar os serviços.

Santa Maria tem dois novos secretários interinos

A esteticista Gabriela Guerra Soares, 37 anos, mora nos Estados Unidos. Ela encontrou a Doces da Lisa na rede social, e não pensou duas vezes antes de fazer um pedido. 

- Pedi um dos doces dela para dar de presente a um grande amigo. Como sou formada em Gastronomia, mesmo sem provar, vi que eram muito bem elaborados. Sem falar do atendimento, muito atenciosa e teve paciência de fazer exatamente como eu queria - conta a esteticista. 

QUALIDADE

A ideia do empreendimento não é apenas fidelizar a clientela pelo sabor diferenciado, mas explicar cada processo e detalhe da produção dos doces. A tecnóloga trabalha, ainda, com receitas diet, sem glúten e sem lactose. 

- Quero mostrar aos consumidores a qualidade do produto, como é feito e até mesmo cada ingrediente - explica. 

Por mês, Lisa chega a vender entre 500 e 1 mil docinhos. Com experiência em empresas do comércio local, para ela, é essencial valorizar quem investe em Santa Maria: 

- O mercado, por vezes, é muito fechado, além de ter bastante concorrência. Comprar de quem produz na cidade, é mais do que incentivo. Para o desenvolvimento da nossa terra, é importante prestigiar cada empreendimento local, seja ele grande ou pequeno. Se prosperarmos aqui, o dinheiro circula aqui.

Franquia de rede catarinense de hambúrguer abrirá em Santa Maria

A tecnóloga já sonha com um espaço físico para a empresa.

- Era algo que eu só fazia por fazer, mas peguei amor pelo negócio. Futuramente, se for possível, quero abrir um ateliê - finaliza.

DOCES DA LISA

  • Atuação - Venda de bolos,  tortas e doces variados 
  • Fundação - 2016
  • Endereço - Rua Oscar  Henrique Zappe, 196, Bairro Itararé 
  • E-mail - [email protected] 
  • Telefone e WhatsApp - (55)  99163-6732 
  • Instagram e Facebook - @docesdalisa.sm

*Colaborou Wederlei Pires


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190