Falta 1 dia

VÍDEO: sem conseguir ir à Capital, sobrevivente acompanhará o júri do Caso Kiss em Santa Maria

Longo período de afastamento do trabalho faz com que Luiza, assim como outras pessoas, acompanhem o julgamento a distancia

Arianne Lima
Foto: Foto: Eduardo Ramos (Diário)

Foto: Eduardo Ramos (Diário)

Na manhã desta terça-feira, uma excursão com 40 pessoas seguiu rumo à capital para acompanhar o júri do caso Kiss. O julgamento, que inicia a partir das 9h desta quarta-feira, não será assistido presencialmente por muitos familiares de vítimas e sobreviventes da tragédia. A médica veterinária, Luiza Bissacott Mathias, 28 anos, é uma das pessoas que não teve condições de se deslocar até o Foro Central I, em Porto Alegre. Mas, deve acompanhar o julgamento em Santa Maria. 

Ao lado do local do júri da kiss, familiares terão tenda de apoio

Da sala do apartamento, no Bairro Nossa Senhora de Lourdes, ela comenta sobre a impossibilidade de abandonar o trabalho pelo período de 12 a 15 dias, tempo de estimativa que juristas e o próprio Tribunal de Justiça do Rio Grande de Sul preveem para a realização do júri. Além do tempo de permanência em outra cidade, os altos custos também foram um obstáculo. Os custos, são custeados por uma vaquinha criada pela AVTSM e com parceirias que apoiram a logística, que permitiu que outras pessoas viajassem. Porém, o tempo de afastamento do trabalho, ainda assim foi decisivo para Luiza. 

- Assim como eu, muitas pessoas também não vão. Eu acredito que é mais por conta do financeiro, que acaba sendo muito caro - afirma. 

EXPECTATIVA

Em 2013, Luiza era acadêmica do 3º semestre do curso de Medicina Veterinária na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A turma dela era uma das organizadoras do evento que ocorreu do dia 26 a 27 de janeiro na boate Kiss. Luiza, que faz parte dos 636 sobreviventes da tragédia, convive com a dor e a lembrança dos seis colegas de turma que morreram no local.

Tenda da Kiss ganha banner em branco para receber mensagens da comunidade

Integrante da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), assim como do coletivo Exprecidade, a veterinária tem conversado com outros sobreviventes e familiares de vítimas sobre o júri. Segundo Luiza, depois de quase nove anos, o mínimo que todos os envolvidos esperam é justiça para que consigam ter um pouco de paz.

-O que eu espero desse julgamento é que tenhamos a condenação dos culpados e que eles não tenham uma pena branda. Na minha opinião, a justiça cem por cento já não será feita, porque acredito que tenham mais pessoas culpadas, que deveriam ser responsabilizadas e não estão no julgamento. Mas, essas quatro pessoas que estão lá têm uma parcela de culpa. Que elas tenham uma condenação justa e com uma pena justa para um caso, que foi tão chocante e grave.


ONDE ACOMPANHAR

O primeiro dia do júri do Caso Kiss será transmitido por um telão na tenda da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), na Praça Saldanha Marinho. Posteriormente, as transmissões passarão a ser realizadas no Clube Comercial. 

Além desses locais, a TV Diário vai transmitir o júri ao vivo, com as imagens geradas pelo Tribunal de Justiça (TJ), a partir das 9h, horário em que está previsto o início dos trabalhos. A exceção é para esta quarta-feira. O ao vivo começa às 8h, com uma cobertura especial antes do início do júri. Os programas Jogo de Cintura, Sala de Debate e Jornal do Diário continuam sendo exibidos, mas com olhar voltado para o júri. A Rádio CDN, assim como demais redes sociais do jornal, também devem realizar a cobertura do julgamento.

A TV Diário pode ser assistida pelos canais 26 e 526 da Net, ou pela internet, de forma gratuita, pelo link disponível no site do Diário ou pelo Youtube do jornal. A Rádio CDN vai ao ar pelo dial 93.5 FM, mas também pode ser ouvida on-line, pelo link disponível no site do Diário. O Facebook do Diário também terá transmissões ao vivo, e o Twitter (@diariosm) vai acompanhar tudo em tempo real. Imagens do júri serão publicadas no Instagram (@diariosm). Todos os detalhes também serão publicados no site.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190