trânsito

VÍDEO: semáforo desativado faz com que pedestres se arrisquem ao atravessar a BR-287

A sinalização está desligada há pouco mais de um mês devido a um rompimento de cabo subterrâneo

Foto: Fabiano Marques (Especial)
Trânsito constante e má sinalização tornam do simples ato de atravessar a faixa uma demonstração de coragem às pessoas

A empregada doméstica Lourdes Teixeira, 58 anos, e a filha, a copeira Michele Teixeira, 36, têm saído com menos frequência ao mercado, e não é somente por conta da pandemia. Moradoras da zona oeste da cidade,sempre que precisam fazer as compras de casa, enfrentam vários incômodos, entre eles, atravessar as faixas da BR-287, que separa os bairros Juscelino Kubitschek e Pinheiro Machado.

Reforma do governo Pozzobom é concluída, e secretariado é apresentado

Para Lourdes, as obras de duplicação da Travessia Urbana, bem como as sinaleiras desativadas, causam transtornos.

- Tem sido perigoso passar aqui. A espera é grande até termos a segurança de atravessar a faixa. Tudo piorou cerca de dois meses atrás quando a sinaleira parou de funcionar - diz.

CUIDADO
A duplicação da via também causa perigo para usuários do transporte coletivo. Quando os passageiros descem do ônibus, eles já param nos pedregulhos às margens da pista. É preciso ter cuidado para não ficar na frente dos carros que vêm logo atrás. Uma solução momentânea é caminhar por cima das pedras irregulares, o que também é bastante incômodo.

Para a idosa Joana Nunes Righi, 60 anos, outro problema sério na região é a desobediência à faixa de pedestres:

- A pintura já está fraca, e como não tem outras sinalizações, como placa ou semáforo, dificilmente alguém para o veículo para a gente atravessar.

Estado vai para a 9ª semana seguida com todas as regiões em bandeira preta

A reportagem entrevistou outras duas pessoas, que preferiram não se identificar. Ambas não consideram a falta do semáforo um problema. Uma delas comentou que, por muito tempo, a faixa não teve semáforo e permaneceu sem maiores transtornos. Conforme o outro entrevistado, a situação já tem sido reclamada por vários moradores da região.

PREFEITURA
Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, o semáforo está desligado há pouco mais de um mês devido a um rompimento de cabo subterrâneo. O problema foi causado pela obra da Travessia Urbana. Ainda conforme a pasta, o município já negocia com a empresa responsável pela obra, que também dispõe do apoio de equipamentos e materiais, para fazer esse trabalho de reparo. Na semana que passou, o caminhão com cesto aéreo e guindaste, necessário para o serviço, operava em outra cidade. A previsão da prefeitura é que o conserto seja realizado nos próximos dias.

*Colaborou Gabriel Marques


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190