alerta para o verão

VÍDEO: quatro cidades da região já fazem entrega de água no interior

Estiagem causa preocupação às prefeituras. Até agora, apenas São Gabriel decretou situação de emergência

18.398
Foto: Foto: Exército Brasileiro (Divulgação)
Entrega de água em Rosário do Sul


Foto: Exército Brasileiro (Divulgação)
Entrega de água em Rosário do Sul

A chuva da última semana ajudou a melhorar o nível de reservatórios, mas, ainda assim, prefeituras da região precisam fazer a distribuição de água potável em localidade do interior. Essa realidade já é vivenciada em, pelo menos, quatro cidades: Santa Maria, São Gabriel, Rosário do Sul e Itaara

CIDADES DA REGIÃO COM ESCASSEZ DE ÁGUA

  • Santa Maria - 7 localidades atingidas e 231 famílias afetadas
  • Mata - 6 localidades atingidas e 15 famílias afetadas
  • Jaguari - 6 localidades atingidas e 21 famílias afetadas
  • Itaara - 1 localidades atingida e 4 famílias afetadas
  • São Vicente do Sul - 1 localidade atingida e 8 famílias afetadas
  • Santiago - 6 localidades atingidas e 30 famílias afetadas

O coordenador regional da Defesa Civil, tenente-coronel Jacob Pinton, explica que a falta de água é resultado de uma defasagem hídrica que ainda é reflexo da seca do verão passado:

- O que acontece é que não tivemos um inverno muito chuvoso, com chuvas regulares. O que choveu não foi suficiente para encher os reservatórios na maioria das cidades. Por isso, já sentimos os efeitos da estiagem.

VÍDEO: voos de Santa Maria a Porto Alegre são retomados

Pinton tem visitado municípios da região para averiguar a situação. Na área de cobertura da regional dele, nenhuma cidade chegou a uma situação tão crítica a ponto de decretar emergência. No último verão, todas as prefeituras da região assinaram o decreto.

- Para se ter o decreto, é necessário uma série de informações e de impactos nas cidades, que envolvem prejuízo econômico. Em relação a outras regiões do Estado, a nossa ainda não sofreu tanto. Na questão da agricultura, por exemplo, não se tem tantas perdas, até porque a safra de grãos ainda está em fase de plantio. Mas, caso não haja melhora na chuva, as cidades vão acabar tendo mais prejuízos - afirma. 

São Gabriel, que integra a regional da Fronteira Oeste, já precisou decretar emergência no dia 25 de novembro. Em parceria com o Exército Brasileiro e a empresa São Gabriel Saneamento, a prefeitura faz a distribuição de água em caminhões-pipa na zona rural. Mais de 100 famílias, principalmente em assentamentos da reforma agrária, estão sem água potável para consumo humano. De acordo com o prefeito Rossano Gonçalves (PL), o município já tem um prejuízo estimado em R$ 17 milhões na agricultura. 

Distritos de Santa Maria também recebem caminhões-pipa da Defesa Civil. Já foram entregues, em 2020, 978 mil litros de água, mais de cinco vezes o distribuído em 2019 (176 mil). Uma das localidades mais atingidas é a do Passo do Verde. 

Em Rosário do Sul, cerca de oito famílias recebem água em entrega feita pela Defesa Civil e o Exército. Já em Itaara, a prefeitura leva água para uma família do interior. 

O tenente-coronel também informou que a prefeitura de Santiago estava fazendo distribuição de água na zona rural. Porém, o prefeito Tiago Gorski Lacerda (Progressistas) relatou que a chuva da última semana encheu os reservatórios e a entrega com caminhão-pipa não é mais necessária.

No Rio Grande do Sul, conforme a Defesa Civil Estadual, 99 prefeituras já estão em situação de emergências e outras seis estão em processo de formulação do decreto. 

*Colaborou Janaína Wille


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190