aujuda

VÍDEO: Projeto Zelo da UFSM lança campanha de doações a partir de R$ 1

Com prejuízo em um ano de pandemia, o projeto que acolhe, trata e reencaminhar animais para lares tenta manter serviço com ajuda de colaborações

Leonardo Catto
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)
Sid e Brown andam em dupla. Eles ficam próximo dos blocos da Casa do Estudante e costumam correr atrás de motos

Foto: Renan Mattos (Diário)
Silveira é um dos cachorros cuidados pelo Zelo. Ele costumava ficar nos arredores da União Universitária, mas, com pouco movimento, se mudou para as os arredores do Husm

Um disco de cobre e níquel pode ter nenhum valor. No Brasil, com o rosto e o numeral 1 inscrito, isso vale apenas R$ 1. Ao acumular vários desses, porém, o montante pode fazer diferença. O Projeto Zelo, que trabalha com conscientização e auxílio a animais abandonados na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), pede justamente esse valor para contribuir com as atividades.


Associação Amigos do Husm faz campanha de arrecadação de fraldas

Foto: Renan Mattos (Diário)
Sid e Brown andam em dupla. Eles ficam próximo dos blocos da Casa do Estudante e costumam correr atrás de motos

Impactado pela pandemia, o Zelo lançou a campanha #AlimenteUmFocinhoZelo. A página do projeto no Instagram tinha, no lançamento da campanha, 3.731 seguidores. Com base neste número, se cada um doasse R$ 1 via Pix, seriam mais de R$ 3 mil voltados para a compra de ração a cães e gatos amparados pelo projeto.

FOTOS: aparição de gafanhotos 'gigantes' preocupa moradores da região

Coordenadora do Zelo, a professora Fabiana Alves Stecca conta que a suspensão de atividades presenciais no campus sede da universidade fez com que a circulação de pessoas fosse reduzida. Por isso, os animais sentiram o impacto e foram afetados pela falta de companhias.

Foto: Renan Mattos (Diário)
O gato Alemão é o mascote do Colégio Politécnico e xodó de Fabiana

TV OVO lança série sobre skate e audiovisual neste sábado

Além disso, sem aulas práticas, o Hospital Veterinário Universitário (HVU) também teve limitações nos serviços. Castrações antes feitas na UFSM precisaram ir para clínicas particulares, com um aumento de custo.

- O HVU é o nosso principal parceiro. Não tivemos condições de manter as castrações. O HVU sempre nos atendeu com urgências dos animais, mas o desafio foi procurar parcerias externas - conta Fabiana sobre a manutenção dos serviços em um ano de pandemia.

Foto: Renan Mattos (Diário)
A gata Maria (à esquerda) também fica no Politécnico, mas ela espera ser adotada

Em 2020, entre cães e gatos, foram cerca de 50 castrações pelo Zelo. O número é considerado satisfatório, mas a análise é que poderia ser ainda maior.

Para contribuir com o Zelo, basta fazer um Pix para [email protected] O valor de R$ 1 é sugerido, mas quantias maiores podem ser transferidas. É possível acompanhar esta campanha e outras atividades do Zelo no Facebook e Instagram. Nas páginas, também são publicados os animais que podem ser adotados.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190