obras

VÍDEO: o que pedestres e lojistas pensam sobre a revitalização do Calçadão

Obras começam a partir desta quarta-feira e devem durar, pelo menos, cinco meses

18.297
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)

Foto: Pedro Piegas (Diário)

A partir desta quarta-feira, quem trabalha ou precisa passar pelo Calçadão Salvador Isaia vai ter que se adaptar as alterações no local. É que nesta semana começam as obras de reforma do Calçadão, que devem seguir por, pelo menos, cinco meses. 

Apesar de alguns lojistas temerem pela queda nas vendas por conta do tumulto que as obras possam causar, a maioria está otimista quanto ao resultado, como é o caso da proprietária da Livraria da Mente, Maria Odete Fleig. Há pouco mais de um ano, a loja teve que ser interditada por causa de um temporal. A principal suspeita é que a água tenha começado a entrar no local após o rompimento de canos que ficam no Calçadão. Desde então, sempre que chove a rotina precisa ser adaptada para que os materiais não molhem:

- A gente teve que colocar tijolo embaixo dos móveis, porque cai toda a água do Calçadão na livraria. Estou com o pensamento positivo de que tudo isso seja resolvido, sem falar que vai ficar mais bonito e, consequentemente, vai atrair mais pessoas para cá - comenta Maria Odete. 

Veja mais no vídeo:


Já os pedestres que precisam percorrer o Calçadão esperam que haja mais acessibilidade para todos. Enquanto a reportagem percorria o local, quem passava por ali comentava sobre o problema de lajotas soltas, buracos e até mesmo falta de bancos para sentar. 

A aposentada Tereza Cristo, que precisa da ajuda de uma muleta para se locomover, conta que tem o hábito de sair as ruas sozinha, mas sempre que precisa ir até o Calçadão pede a companhia de alguém para a auxiliar pelo medo de pisar em algum buraco e cair. 

- É bem difícil a acessibilidade de quem tem alguma dificuldade de locomoção, quem é cadeirante, mães que andam com crianças no carrinho. Quando chove empossa água, tem lajota solta, é um perigo. Eu espero que melhore depois das obras - comenta a aposentada. 

O QUE MUDA COM AS OBRAS
De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, nesta quarta-feira será feito um corredor de tapumes para isolara área central do Calçadão. Com isso, o acesso às lojas será feito pelas laterais. 

Não há previsão de bloqueio no trânsito na esquina das ruas Floriano Peixoto e Bozano. Agentes de trânsito estarão no local para o controle durante manobra de maquinário para a retirada de resíduos do Calçadão. 

A obra começa pelas galerias pluviais (rede de água da chuva). Todo o piso será retirado e colocado um novo, além do design dos canteiros e bancos repaginado. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190