efeito cebola!

VÍDEO: mudanças bruscas de temperatura exigem mais cuidados com a saúde

Santa Maria chegou a registar, em julho, variação de 20°C no mesmo dia. Médicos falam sobre as implicações da oscilação para a saúde

18.398
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)
Em julho, em menos de 24 horas, as temperaturas variaram em mais de 20°C. Pressão arterial, coração e pulmão sofrem mais nessas situações. Médicos recomendam cuidado dobrado

Foto: Renan Mattos (Diário)
Em julho, em menos de 24 horas, as temperaturas variaram em mais de 20°C. Pressão arterial, coração e pulmão sofrem mais nessas situações. Médicos recomendam cuidado dobrado

Tira casaco. Coloca casaco. Mesmo no inverno, assim tem sido a rotina em Santa Maria e região nas últimas semanas. Em julho, por exemplo, entre os dias 15 e 20, as mínimas na cidade variaram entre -1,8ºC e 21,2ºC. Essas mudanças bruscas na temperatura não ocorrem somente de um dia para o outro. Em 18 de julho, dentro de 24h, o município registrou uma diferença de mais de 20ºC entre a mínima (10,2ºC) e a máxima (30,6ºC). Os dados são do meteorologista Gustavo Verardo e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Em uma semana, Santa Maria teve dois novos casos de dengue e um de zika

Quando o tempo fica oscilante, principalmente nas estações mais quentes ou frias do ano, a saúde requer ainda mais cuidado. De acordo com o pneumologista Ayrton Schneider Filho, os chamados "choques térmicos", de forma geral, tornam o organismo mais vulnerável a infecções respiratórias e virais e, ainda, ao agravamento de doenças como a asma brônquica:

- A umidade de Santa Maria potencializa alergias, resfriados e doenças do coração. Logo, a prevenção é necessária. Além acompanhamento clínico, quando sair de casa, é interessante levar uma peça de roupa sobressalente para não ser surpreendido pelo frio do fim de tarde.

 E O CORAÇÃO?

O sistema respiratório não é a única vítima da alteração repentina entre frio e calor. O vendedor Claudio Leonardi, 54 anos, devido ao sobrepeso e a alergias respiratórias, sofre com a contínua oscilação de pressão arterial.

- Quando está frio, minha pressão sobe rápido. Conforme a temperatura muda, fico tonto, tenho mais sono. Como viajo muito a trabalho, muitas vezes, o calor ou o frio repentino me pegam desprevenido - conta Claudio.

O médico cardiologista Luiz Bragança de Moraes explica que, com temperaturas baixas, os vasos sanguíneos se contraem e, no calor, dilatam-se. O processo faz com que a pressão arterial aumente ou diminua. Vasos contraídos, pressão alta. Quando dilatados, pressão baixa.

Deputada critica arcebispo de Santa Maria por não orar por Bolsonaro

Ele acrescenta que idosos devem se preocupar mais, por não terem a mesma resiliência dos jovens, mas todas as faixas etárias precisam estar atentas.

- Nosso padrão de vida é sedentário. Ninguém deve ficar mais de duas horas sem fazer uma pausa, de pelo menos 10 minutos, para se espreguiçar e caminhar. Isso melhora o metabolismo e o rendimento profissional - comenta Moraes.

Ainda conforme o cardiologista, todos têm de se proteger do contraste violento entre calor e frio, inclusive, nos "ambientes controláveis", com condicionadores de ar, por exemplo:

- Os aparelhos não devem estar ligados em temperaturas abaixo de 24ºC. Isso é recomendado para amenizar a diferença com o "lado de fora" do cômodo.

INEVITÁVEL

O meteorologista Gustavo Verardo pondera que o clima do Rio Grande do Sul é "movimentado" em chuvas e temperaturas.

- Antes da chegada da frente fria, temos o vento norte, que traz o ar quente e úmido da região amazônica. Após essa passagem, temos a entrada da massa de ar frio e a chegada da geada - explica o profissional. Portanto, as oscilações são naturais. 

MUITAS CRISES SÃO SILENCIOSAS. FIQUE ATENTO E PROCURE CUIDADOS MÉDICOS SE SENTIR

  • Tontura
  • Sensação de fraqueza
  • Dor de cabeça
  • Congestão nasal
  • Espirros
  • Tosse com secreção

PARA EVITAR AS CONSEQUÊNCIAS DAS OSCILAÇÕES DO TEMPO À SAÚDE, PREVINA-SE

  • Pratique exercícios físicos com frequência
  • Evite expor-se a mudanças bruscas de temperatura ao entrar e sair de ambientes
  • Mantenha o ar-condicionado em torno de 24°C
  • Carregue roupas para temperaturas diferentes
  • Esteja com exames e consultas médicas em dia
  • Recém-nascidos devem estar sempre vestidos conforme a temperatura para evitar desconforto
  • Não deixe de ingerir bastante líquido
  • Mantenha a casa limpa e arejada
  • Evite expôr-se a ambientes fechados e com grande circulação de pessoas

Fontes: Luiz Bragança de Moraes e Ayrton Schneider Filho

*Colaborou Rafael Favero


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190