santa maria

VÍDEO: incêndio destrói casa em que família morava e trabalhava no Bairro Nova Santa Marta

Toda ajuda é bem-vinda enquanto Katieli e seus familiares tentam reconstruir o local

18.398
Foto: Fotos: Pedro Piegas (Diário)

Fotos: Pedro Piegas (Diário)

Apesar de o fogo ter acontecido no final da manhã, o cheiro forte ainda era presente no final da tarde tal qual alguns focos de fumaça. Assim estava a casa onde Katieli de Oliveira Chaves, 28 anos, morava com a mãe, 48, o pai, 58, o irmão, 17, seus filhos, de 12, 10 e 5, e uma amiga da família, de 22. Na hora do fogo, Katieli conta que o sentimento era de desespero. Contudo, depois da assimilação, a naturalidade que a família lida com o fato de ter perdido tudo em um incêndio choca tanto quanto as paredes derrubadas.


Campanha pede doações para família que teve casa destruída pelo fogo em São Gabriel

Na casa, nenhuma pessoa perdeu a vida. Entretanto, foram-se roupas, móveis, documentos, alimentos e remédios. Sobraram as roupas do corpo e dois celulares que estavam com as crianças.

- Recém tínhamos acordado. Os vizinhos do lado que nos chamaram para avisar. Senão, nem teríamos visto. Teria queimado com a gente dentro. Não deu para salvar nada. Documento, coberta, roupa, ventilador, tudo. Eu ganho Bolsa-Família, mas agora meus documentos queimaram tudo, não tem nem como renovar - falou Katieli. 


Na casa, também funcionava um brechó em que Katieli e a mãe trabalhavam. Conforme os bombeiros, que contiveram as chamas, foi lá que começou o fogo, a partir de um curto-circuito em uma tomada que nem era usada. As roupas da loja fizeram o fogo se alastrar.

Polícia recupera 24 novilhas furtadas em Itacurubi

Além das vendas, a família complementa a renda com reciclagem. Foram 17 sacos com latinhas de alumínio consumidos pelo fogo. Katieli acredita que eles renderiam R$ 100 após vendidos. Na tarde desta terça, eles ainda buscavam por algum material que fosse possível aproveitar. A panela em que faziam risoto para vender também foi perdida.

- O vizinho até tentou apagar com as mangueiras, mas estão aí as "mangas" todas queimadas. Quando ele entrou, já estava pegando fogo em tudo - lamenta.


Os medicamentos da mãe de Katieli foram perdidos. A mulher é hipertensa e também faz tratamento para poder fazer uma cirurgia bariátrica. Da criança mais nova, veio uma dolorosa pergunta, direcionada à Katiele: "e os gatos?". A mãe teve a missão de explicar que os três não sobreviveram. Já os dois cachorros da família deram a sorte de sair pelo fundo.

Pelo menos 110 pessoas foram atacadas por palometas na região

Agora, eles devem ficar em casas de parentes até definirem o que pode ser feito. A esperança é reconstruir a residência. Para isso, qualquer ajuda é bem vinda. A família pode ser contatada pelos telefones (55) 99180-4871 ou (55) 99165-9474.

*Colaborou Leonardo Catto


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190