santa maria

VÍDEO: fiscalização orienta comerciantes sobre as novas regras de funcionamento

Depois de três semanas fechado, o comércio não essencial reabriu nesta segunda-feira

18.357
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)


Foto: Pedro Piegas (Diário)

Com a reabertura do comércio não essencial, a prefeitura intensificou a fiscalização nas ruas para orientar os lojistas sobre as regras que devem ser cumpridas, como uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel aos clientes e ocupação limite dentro de cada loja. 


A principal novidade do decreto, que antes não era exigida, é a obrigatoriedade de cada estabelecimento fixar um cartaz na entrada, em local de fácil visualização, contendo informações como a área total da loja e o número máximo de pessoas que podem entrar no local. O decreto atual permite 1 pessoa para cada 8m² de área.

- Nosso trabalho, neste momento, está sendo de orientação. Tivemos um período de comércio fechado e, agora, um decreto com mudanças. Então, orientamos para que os comerciantes cumpram as regras. A fiscalização, notificação ou multa virá em um momento posterior - afirma o fiscal Valdori Rocha.

Em dia de reabertura do comércio, ruas centrais recebem sanitização

O Diário acompanhou a fiscalização da prefeitura nas primeiras horas da tarde desta segunda-feira ao longo da Rua do Acampamento, uma das mais tradicionais vias do comércio de Santa Maria. A maioria dos estabelecimentos, entre farmácias, lojas de roupas e de eletroeletrônicos, ainda não estava com cartaz com as orientações de ocupação fixado na entrada, ou até colocou o cartaz, mas com a ausência de alguma informação exigida. Como não houve notificação neste momento, os fiscais orientaram todos os lojistas a colocaram os dados corretos.

Já durante a manhã, os fiscais visitaram 121 estabelecimentos comerciais, entre essenciais e não essenciais. Os servidores conversaram com comerciantes do Calçadão Salvador Isaia, da Avenida Rio Branco e dos shopping centers. A fiscalização também esteve em 13 restaurantes. Em todos os locais visitados pelos fiscais, as refeições são servidas pelos atendentes ou garçons, evitando, assim, o autosserviço, proibido atualmente.  Em cinco desses estabelecimentos, os servidores verificaram que não havia o medidor de temperatura, porém, os proprietários se comprometeram em providenciar o item.

De acordo com o superintendente de Fiscalização, Marcio Abbade, as visitas realizadas foram tranquilas e bem aceitas pelos comerciantes.

- Em vários locais, foram sanadas dúvidas com relação aos horários e aos cartazes com as informações que devem ser fixados na porta ou na vitrine. Também reforçamos que, a partir desta terça-feira, os fiscais retornam aos mesmos locais para verificar se as medidas estão sendo cumpridas. No caso de descumprimento, haverá notificação para o responsável - explica Addabe.

Denúncias de descumprimento das medidas podem ser feitas à Guarda Municipal pelos números 153, (55) 99217-8122, 99167-4728 e 99167-8452 (os celulares, somente via WhatsApp). 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190