trânsito

VÍDEO: fiscalização na volta do Carnaval segue reforçada até quarta-feira

Entre terça e quarta, Operação Carnaval intensifica os trabalhos das polícias rodoviárias

Natália Muller

Foto: Pedro Piegas (Diário)

A terça-feira de Carnaval e a Quarta-Feira de Cinzas devem ser de grande movimento nas estradas da região, exigindo paciência dos motoristas. Por isso, nesses dois dias, seguirá intensificada a fiscalização da Operação Carnaval, que começou na última sexta e é organizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão Rodoviário da Brigada Militar e Departamento de Trânsito de Santa Maria.


Em dois dias, 33 motoristas são autuados em Jaguari

Até a meia-noite da Quarta-Feira de Cinzas, a PRF mantém patrulhamento e abordagens nos locais e horários com previsão de maior fluxo de veículos. Segundo o policial rodoviário federal Daniel Pozzobon, o movimento se intensifica a partir das 16h desta terça-feira.

- A volta do feriadão pede atenção. Tanto para o horário de maior tráfego, quanto para a restrição de alguns veículos de carga. A PRF prioriza a avaliação de ultrapassagens proibidas, alcoolemia, uso do cinto de segurança e do celular ao volante, assim como o excesso de velocidade - diz Pozzobon.

Balada Segura autua 17 condutores por embriaguez em Santa Maria

Na tarde de segunda, durante 1h e 30min, a PRF informou que já tinham passado pelo local (BR-158, próximo ao bairro Cerrito), seis veículos com velocidade acima da permitida, que é de 60 km/h.

O técnico em telecomunicações Cristiano Leal foi abordado e disse que acha esse tipo de operação muito importante.

- Operações como esta salvem vidas, principalmente em dias festivos como no Carnaval. Cuidar os itens de segurança, não exceder o limite de velocidade e, principalmente, não beber quando está dirigindo, é um cuidado que temos conosco e com o próximo - diz Cristiano, que andava dentro das leis e não foi autuado.

Jovem capota carro na BR-287 em São Vicente do Sul

No Carnaval de 2019, que ocorreu em março, a PRF registrou 65 acidentes no Estado. Foram seis mortes e nove feridos. O policial federal Rodrigo Brendler diz que em todas as abordagens feitas pela PRF, é feito o uso do etilômetro, principalmente em feriados como o de Carnaval.

- Neste feriado, tivemos uma abordagem em que nenhum condutor precisou ser autuado por embriaguez ao volante. A gente fica satisfeito com isto, pois a nossa missão é salvar vidas e diminuir os riscos de acidentes - afirma Brendler.

EM JAGUARI
Na noite de domingo, a fiscalização próximo aos acessos de Jaguari foi mantida pela PRF de Santiago, já que o Carnaval jaguariense reúne milhares de foliões de toda a região. Durante a operação, 132 veículos foram fiscalizados e 105 motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro. Desses, nove foram autuados por se recusar a fazer o teste. Segundo a PRF, sete condutores tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) retida.  

Desde a madrugada de sábado, quando 24 motoristas foram autuados por recusa em realizar o bafômetro, mais os nove de domingo, foram totalizadas 33 autuações só em Jaguari.

AS RESTRIÇÕES DE TRÁFEGO
Nesta terça e na Quarta-Feira de Cinzas, alguns veículos de carga tem restrição de tráfego nas rodovias federais. Isso acontece devido ao feriado de Carnaval. Não podem transitar veículos ou combinações de veículos, passíveis ou não de autorização especial de trânsito (AET) ou autorização específica (AE), cujo peso e dimensões exceda qualquer um dos limites abaixo: 

  • 2,6 metros de largura
  • 4,4 metros de altura
  • 19,8 metros de comprimento
  • 57 ton de peso bruto combinado

*Colaboraram Laíz Lacerda e Natália Müller Poll


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190