pandemia

VÍDEO: com liberação do autosserviço em bufês, restaurantes têm maior movimento

Alteração nas regras para que clientes pudessem se servir ocorreu no dia 10 de outubro

18.398


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Clientes podem se servir em bufês desde o dia 10 em Santa Maria

Dez dias após a liberação do autosserviço para clientes de bufês, gerentes e proprietários de restaurantes avaliam positivamente a medida tomada pelo governo do Estado. Em Santa Maria, a maioria dos restaurantes adotou a prática.


Conforme o decreto, ao se servir é obrigatório o uso de máscara e higienização das mãos com álcool gel, e recomendada a utilização de uma luva descartável - medidas adotadas na prática pelos clientes e estabelecimentos. Até a liberação, os clientes eram servidos no bufê por funcionários para evitar contato com a comida e utensílios em prevenção ao novo coronavírus.

Decreto amplia horários de funcionamento do comércio e shoppings em Santa Maria

Conforme proprietários, o consumo de alimentos aumentou com a liberação. O sócio proprietário do Tuiuti Grill e presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS), João Carlos Provensi, afirma que a medida era uma reivindicação da categoria. O retorno do autosserviço no restaurante ocorreu no próprio dia 10.

- O cliente se serve mais. Nossa venda, em quantidade de alimento, aumentou em torno de 15%. O movimento também melhorou um pouquinho, pois o cliente prefere se servir, pois ali ele escolhe exatamente a quantidade que ele quer - relata.

O movimento também cresceu nos últimos 10 dias. Conforme a gerente do Restaurante Maffi, Tatiane Bevilaqua, o crescimento chega a 30%. Ela fala em um sentimento de libertação por parte dos clientes.

Governo do Estado publica novas regras para realização de eventos e festas infantis

- Estamos retomando o movimento, mas ainda tem uma longa caminhada. Estamos em 50% do que era antes da pandemia. Com a liberação do bufê, deu uma reagida. Dá para dizer que estamos em uma crescente - estima a gerente.

OCUPAÇÃO


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Com a lotação reduzida por medidas de prevenção ao coronavírus, os três restaurantes visitados pelo Diário entre 11h30min e 12h30min de ontem apresentaram movimento intenso de clientes.

- Assim é melhor. Me sinto mais seguro assim do que com outra pessoa me servindo. Tem restaurantes na cidade que a pessoa pegava dinheiro na mão, mexia no bolso e vinha te servir -  relatou o cliente Cristiano Becker.

O crescimento pode ser observado também em estabelecimentos sem bufê por quilo, como é o caso da Churrascaria Boi Bom. Conforme Alberto Nichel, um dos proprietários, os clientes entravam em contato para saber se a comida já estava sendo disponibilizada em formato de bufê. Antes, com a proibição, cada mesa era servida individualmente, em uma travessa. De acordo com Nichel, a prática exigia uma carga de trabalho muito maior para os funcionários.

*Colaborou Felipe Backes


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190