estiagem

VÍDEO: com falta de chuva, nível das barragens já está abaixo do normal

Chuva ficou abaixo da média durante quase todo 2020. Corsan garante que não vai haver desabastecimento

18.398
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)


Foto: Renan Mattos (Diário)

As barragens de Santa Maria mal haviam se recuperado da seca do primeiro semestre de 2020, quando um novo período de estiagem, ainda no final do ano passado, voltou a preocupar. O que aconteceu foi que, em 2020, apenas janeiro, maio, junho e julho tiveram chuva acima ou próxima da média. Nos outros meses, os acumulados ficaram bem abaixo do esperado. No último trimestre, a chuva não chegou a metade do previsto (veja o gráfico abaixo).


Santa Maria é abastecida por três barragens. A maior delas, a Rodolfo Costa e Silva (que fica em Val de Serra, interior de Júlio de Castilhos), que tem 28 metros de altura, chegou a ficar cerca de 4,8 metros abaixo no nível normal por causa da seca no ano passado. Hoje, conforme o superintendente regional da Corsan, José Roberto Epstein, a barragem está 1 metro abaixo no nível. Já a barragem do DNOS, que ficou 2,7 metros abaixo do nível em abril, agora está 50 centímetros abaixo. O nível normal é 11,2 metros.

VÍDEO: sem competições e treinos restritos, como o esporte foi impactado pela pandemia

O superintendente da Corsan, no entanto, garante que não deve faltar água no município.

- A estiagem já preocupa, mas o abastecimento está dentro da normalidade. Hoje, ainda não se fala em racionamento ou falta de água. O nosso apelo é para que as pessoas façam consumo consciente de água. Claro que, com essa pandemia, os hábitos de higiene precisaram aumentar, o que também aumenta o consumo - alerta Epstein.  

Mesmo que chova em breve, a recuperação de rios e reservatórios de água vai demorar alguns meses. Para uma normalização no nível, são necessárias chuvas bem distribuídas e regulares. Durante todo 2020, choveu cerca de 67% do que era esperado. 

Segundo o meteorologista Gustavo Verardo, da Baroclima, pelo menos até a segunda quinzena de fevereiro não deve haver uma chuva significativa na região.

- Janeiro vai ser mais um mês com chuva abaixo da média. Por enquanto, a previsão indica que os primeiros 15 dias de fevereiro também terão déficit de chuva, o que deve fazer o nível das barragens diminui mais nas próximas semanas - destaca o meteorologista.

DICAS
Com o nível das barragens baixo e previsão de estiagem para os próximos meses, é importante que as pessoas façam o uso racional da água. Em entrevista na TV Diário nesta sexta-feira, a gestora da unidade local da Corsan, Andreia Zanini, falou sobre a condição hidrológica e reiterou o alerta.  

_ Devemos fazer um uso responsável da água. Nós, da Corsan, temos nos responsabilizado e tomado medidas para evitar vazamentos, por meio de manutenção constante. Além disso, vai das atitudes individuais de cada um também, para evitar uso de mangueiras para regar jardins, lavar calçadas. Nesta época tem muita gente com piscinas em casa, que não tem uma tratamento adequado e trocam a água todos os dias. É preciso que seja feito consumo para fim essencial _ considera Andreia.

*Colaborou Janaína Wille


Fonte: Baroclima


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190