por todos nós

VÍDEO: Clube Atirador Esportivo comemora 100 anos no Coração do Rio Grande

Origem do clube está ligada à imigração alemã para a cidade

18.398
Foto: Foto: Clube Atirador Esportivo (Divulgação)
1973 Tradicional bloco "Os Fritz", era um dos blocos tradicionais da festa de Carnaval dos anos 1970

Foto: Pedro Piegas (Diário)
Apesar das reformas recentes, estrutura externa do clube foi preservada pelo caráter histórico

O Clube Atirador Esportivo, um dos mais tradicionais de Santa Maria, comemora seu centenário neste dia 21 de novembro. Fundado em 1920, logo após o término da primeira Guerra Mundial, tem sua história atrelada à imigração alemã para o Coração do Rio Grande, com sociedades organizadas para a prática de tiro, atividades esportivas em geral, e de preservação da cultura germânica.


O que disseram os candidatos no primeiro dia de propaganda na TV no segundo turno

TRADIÇÕES 
Os anos iniciais eram voltados à prática de tiro esportivo, ginástica olímpica e atividades sociais relacionadas. Em 1929, foi realizado o primeiro baile de Kerbs, tradicional festa oriunda da cultura alemã, marcada pela presença de bandas e muita diversão dos participantes, que segue sendo realizada desde então. Outros eventos também foram se tornando característicos do clube, como o baile de aniversário, o baile do Havai, realizado na piscina, o carnaval, o baile de dia das mães, e outros.

 Carmen Sonnenstrahl, 77 anos, neta de Willy Sonnenstrahl, um dos fundadores do Esportivo, diz que a instituição é como uma página essencial de sua vida.

- Tenho lembranças maravilhosas daqui. Meu pai, Arthur, e minha mãe, Iracema, nasceram neste Clube, praticamente - recorda, emocionada.

 Ainda segundo ela, a participação em eventos era constante com a família e os amigos associados.

- Eu fui rainha do baile de Kerbs de 1979, foi marcante para mim. Sempre organizávamos, também, o carnaval, com muita folia. Estivemos presentes em todos os momentos possíveis - conta a neta do fundador.Foto: Clube Atirador Esportivo (Divulgação)

1973 Tradicional bloco "Os Fritz", era um dos blocos tradicionais da festa de Carnaval dos anos 1970

 Com o tempo, o Sopé do Morro, como o clube também é conhecido, foi ficando cada vez mais famoso e procurado na Cidade Universitária. Uma das festas mais esperadas em todos os anos, era a de carnaval. Nela, os salões ficavam sempre lotados de foliões que abrilhantavam a atração, como explica o presidente do Atirador Esportivo, Jorge Antunes, na gestão desde 2011.

- Nos nossos bailes de carnaval eram formados muitos blocos, e fazíamos uma festa muito bonita. Havia o bloco dos Fritz, que se fazia sempre presente, retomando a ideia da cultura alemã - diz o presidente, que junto à diretoria, realizou o carnaval em 2020, antes da pandemia.

UFSM volta atrás em decisão de reabrir para visitantes

Com a pausa nas programações de eventos e outras atividades, os sócios sentem falta de estarem nos espaços e participarem de momentos típicos que marcam a história da entidade. Elaine Ferreira, 54, é sócia há cerca de 20 anos, e fala da saudade que a família tem das atrações do clube.

- Fui da patronagem do Departamento Tradicionalista Gaúcho (DTG), lembro com carinho dos desfiles na semana farroupilha. Minha filha, Lilian, foi rainha do carnaval infantil em 2011, o clube é muito importante para nós, criei meus filhos lá, praticamente - comenta Elaine.Foto: Clube Atirador Esportivo (Divulgação)

1990 Posse da patronagem do DTG do Clube, que esteve ativo em algumas décadas

Além disso, conforme a sócia, as piscinas eram uma grande atração nas temporadas de verão, e o clube cumpria uma bonita agenda de homenagens de dia das mães e dia dos pais.

- As temporadas de piscinas abertas eram ótimas, estavam sempre lotadas. O baile do Havai, geralmente, acontecia lá, quando o tempo estava bom. O Clube Atirador Esportivo tem um valor sentimental para a comunidade do Bairro Perpétuo Socorro e para Santa Maria - finaliza.

ATUALIDADE 
Em 2013, as atividades que evolviam eventos no Sopé do Morro foram interrompidas por recomendações das autoridades. A diretoria, então, decidiu focar na renovação de alvarás e regularização do Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI), procedimentos burocráticos que, à época, haviam encarecido. 

A entidade chegou a ter 4500 sócios, mas teve uma expressiva redução do quadro social naquele período, e precisou buscar alternativas. Em 2016, os empresários Nalton Beck e Ronei Santos, propuseram à direção do Esportivo a reformulação dos salões de festas da instituição. Com isso, até 2019, os empresários trabalharam no sentido de regularizar tudo que havia pendente para retomar os eventos.

- Os dois (Nalton e Ronei) nos procuraram, e fizeram a proposta de reativação, mediante uma reformulação de toda a estética da parte interna do clube - diz Antunes.

 Com tudo pronto, em julho de 2019, a Floratta Casa de Festas e Eventos realizou a festa Flashback, na qual participou um público de mais de 1400 pessoas. Ainda segundo o presidente, o contrato firmado para 15 anos com a Floratta, não influencia no calendário habitual da entidade.

- O clube segue com suas datas e compromissos inalterados, a Floratta realiza eventos fora deste calendário. Ano passado, tivemos o jantar baile em comemoração aos 99 anos, e este ano, a festa do Havai e o carnaval - explica Antunes.Foto: Pedro Piegas (Diário)

Jorge Antunes (à dir.), e Laerte Dill, administram o clube centenário atualmente

Como o Sopé do Morro estava já há alguns anos em inatividade, a parceria com a Floratta foi um fator fundamental na história da instituição. Nalton explica que, inicialmente, junto do sócio Ronei, tinha a intenção de abrir uma casa de festas infantil, mas abraçou um projeto muito mais ambicioso.

- Na época, a diretoria não tinha condições financeiras para as reformas necessárias. Decidimos abraçar a oportunidade, apesar do desafio ser bem maior do imaginávamos - menciona Nalton. - Reformulamos a parte interna, e a parte externa, pelo fato de estar bastante debilitada, optamos por não mexer, até por uma questão de preservação do patrimônio histórico da entidade - frisa.

 Ainda segundo o empresário, é gratificante fazer parte de um momento como o centenário do Atirador.

- Particularmente fico muito feliz com esta data, porque o clube é um marco para todo mundo naquela região, um ponto de referência. Poder ter empreendido e, ao mesmo tempo, resgatar a história, e devolver para Santa Maria uma instituição tão importante, é uma felicidade imensa - comemora ele.

COMEMORAÇÃO E PERSPECTIVAS

Na última quarta-feira, integrantes da diretoria e do conselho deliberativo realizaram um ato simbólico que marcou a celebração dos 100 anos do clube. Na oportunidade, foi plantada uma muda da árvore Timbaúva, considerada símbolo da instituição, no espaço denominado Recanto da Timbaúva. 

- Esta é, sem dúvidas, uma data histórica. Aqui, cada família tem uma história para contar, o Clube Atirador Esportivo significa muito para a cidade - diz o primeiro vice-presidente, Laerte Dill.

O objetivo, daqui para frente, é angariar mais sócios com a retomada dos eventos e, quando for viável financeiramente, reativar piscinas e demais espaços que não estão em funcionamento.

- Nosso atrativo sempre foram os eventos, as festas tradicionais, e a piscina. Precisamos atrair mais sócios para viabilizar a reabertura de espaços que hoje estão inativos, como a bocha e o DTG - pondera Antunes.Foto: Clube Atirador Esportivo (Divulgação)

1980 Temporada de verão na década de 1980. As piscinas eram uma grande atração para os sócios

- Aqui é a minha segunda casa, um lugar importante para a comunidade, e faremos o possível para seguir com as nossas tradições - completa o presidente.

Na noite deste sábado, às 20h30min, será realizada uma live de aniversário, com homenagens e atrações musicais. A celebração terá transmissão ao vivo pelo YouTube, Hvinte TV, e pelo Facebook do Clube Atirador Esportivo (veja abaixo).

CLUBE ATIRADOR ESPORTIVO 

  • Atuação - Realização de eventos e atividades sociais
  • Fundação - 21 de novembro de 1920
  • Endereço - Rua Casemiro de Abreu, 59, Bairro Nossa Senhora Senhora do Perpétuo Socorro
  • Facebook - Clube Atirador Esportivo
  • Telefone - (55) 3222-3022 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190