vitória

VÍDEO: aos 92 anos, ex-reitor da UFSM vence Covid-19

Derblay Galvão foi o terceiro reitor da universidade, entre 1978 e 1981, antecedido no cargo pelo fundador, José Mariano da Rocha Filho

18.302


Foto: Arquivo pessoal

Aplaudido, Derblay Galvão, 92 anos, mais um sobrevivente da Covid-19, deixou o Hospital Santa Lúcia, em Brasília, no dia 22 de julho. Ex-reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Galvão ficou 10 dias internado. Segundo um dos filhos, o engenheiro agrônomo Gérson Galvão, 61 anos, o pai não chegou a ser intubado, apesar de necessitar de cuidados na UTI do hospital. Ele é diabético, hipertenso e tem um marca-passo. O diagnóstico da doença veio após exames de rotina e aparecimento de alguns sintomas.


Atualmente, se recupera em casa, sob cuidados de profissionais da saúde. Ele ainda segue isolado, até fazer novo exame que o assegure como mais um caso curado. Por ainda apresentar um quadro clínico frágil, com tosse e dificuldade de respiração e fala, ainda evita conversar por telefone. Ao filho Gérson, relatou o enorme carinho e respeito a Santa Maria e prometeu uma entrevista ao Diário, em breve.

Curso de Direito teve maior número de inscritos pelo Prouni 2020/2.

Derblay é viúvo e foi casado com Margarida, que faleceu há dois anos. O casal teve sete filhos, netos e bisnetos.


TRAJETÓRIA

Natural de Montenegro, formou-se em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Sua relação com a UFSM começou em 1962 quando foi convidado para ser professor na Faculdade de Agronomia - curso do qual viria a ser coordenador. Nesta época, ainda trabalhava como engenheiro agrônomo no Instituto Rio-Grandense do Arroz (Irga), onde chegou a presidente (1966). Galvão foi o terceiro reitor da UFSM, entre 1978 e 1981, tendo sido antecedido por Hélio Homero Bernardi (2º reitor) e antes pelo fundador da universidade, José Mariano da Rocha Filho. Mudou-se para Brasília em 1982 quando foi convidado para assumir um cargo no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

No dia 18 de maio de 2010 foi agraciado com a Medalha Coração do Rio Grande concedida para os cidadãos que contribuíram para o progresso de Santa Maria.

Neste domingo, o idoso recebeu uma homenagem em vídeo dos netos pelo Dia do Avôs, o que deixou bastante emocionado.


*Com informações do site da UFSM


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190