#portodosnós

VÍDEO: ótica de Santa Maria faz campanha para beneficiar Lar das Vovozinhas

Mercadão dos Óculos também realiza ações para manter todos os funcionários empregados

18.388


Foto: Pedro Piegas (Diário)
Mercadão dos Óculos fica na Galeria Chami e promove duas ações que beneficiam instituição de Santa Maria

Pensar no outro e apostar na solidariedade têm sido duas importantes bandeiras do Mercadão dos Óculos neste período de enfrentamento ao coronavírus. Com um olhar atento às dificuldades da comunidade, a empresa está promovendo duas campanhas em benefício ao Lar das Vovozinhas. Uma delas é a doação de óculos completos (armação e lentes), por meio de uma premiação que a loja recebeu. É que a gerente e sócia-proprietária da ótica, Talita Snovarski, foi destaque em um treinamento e ganhou, de uma das fornecedoras, lentes a serem destinadas a instituições.


A outra ação, lançada no começo de maio, chama-se "Desconto Solidário" e gera abatimento de até 30% no valor total a partir de doações de alimentos. Jonas Bordin, um dos proprietários da empresa, explica que a parceria surgiu depois de uma visita de uma funcionária do Lar das Vovozinhas ao Mercadão. Além disso, o pacto entre loja e instituição vem do ano passado, quando a empresa fez a primeira doação de óculos para uma das vovós.

VÍDEO: para presidente da Ajesm, adaptação é a chave para superar a crise

- Uma funcionária do Lar das Vovozinhas veio comprar óculos aqui e comentou que trabalhava lá. E esse fato coincidiu com o momento em que a Talita se tornou embaixadora da Zeiss (uma rede alemã de lentes), o que nos propiciou fazer as doações. Em maio, pensamos em algo para ajudar e a Talita tinha visto um pedido de auxílio na página do Lar das Vovozinhas. E tem sido uma campanha com boa aceitação. A gente vê pelos comentários em nossas redes sociais - afirma Bordin.

Silvana Fruet, gerente de recursos humanos do Lar das Vovozinhas e cliente do Mercadão, explica que as iniciativas têm auxiliado bastante do dia a dia da entidade.

- Há cerca de um ano, comprei um óculos no Mercadão e se iniciou uma parceria. Há cada dois meses, a empresa doa cinco óculos completos para as vovós aqui do lar. Depois, em meio à pandemia, o Mercadão sugeriu a campanha de arrecadação de alimentos. Poderíamos ter mais empresas realizando gestos como esses, não somente em época de dificuldades como a que estamos vivendo. Não recebemos nada do governo, dependemos de doações, e que bom seria se mais empresas pudessem nos ajudar - comenta Silvana.

O ato de doar comove a consultora óptica da Mercadão, Denise Naicinger, que trabalha na loja desde que a franquia abriu as portas, na Galeria Chami, há pouco mais de dois anos.

- O intuito não é só realizar a venda. É também um serviço social. Ver as senhoras que vieram experimentar os modelos dos óculos felizes é gratificante. Recebemos até cartinhas de agradecimento - conta Denise.

INCENTIVO
Talita Snovarski explica que o objetivo da ação é muito maior do que apenas realizar descontos ou beneficiar uma entidade específica, mas, sim, fazer a economia local girar.  

- Quando surgiu a ideia de fazer alguma promoção, a grande dúvida foi como incentivar o pessoal a gastar, se está todo mundo querendo economizar. Conversamos, pensamos num desconto, mas esse desconto não é só por ganhar, e sim para ajudar alguém, no caso um local específico que a gente sabe que está precisando de alimentos. É uma "roda" onde todo mundo se ajuda, um precisando do outro - diz a gerente.

VÍDEO: 'a demanda por tele-entrega cresceu muito', diz sócio de restaurante japonês

Ela revela que durante a arrecadação de alimentos há o incentivo e a valorização do comércio nos bairros e de empresas de menor porte.

- Quando a pessoa fica de entregar a doação no ato da retirada dos óculos, a gente tenta direcionar que ela compre no mercado próximo da sua casa, pois vai estar ajudando o seu mercado, ajudando a si próprio com o desconto e beneficiando o Lar das Vovozinhas com a doação - completa Talita.

EMPREGOS
Uma das comemorações do Mercadão dos Óculos em meio à pandemia é o fato de não ter demitido nenhum funcionário. 

- Falei com as funcionárias, que, mesmo que precisássemos momentaneamente reduzir salários, a ideia era trabalhar para minimizar as dificuldades. E sabemos que, infelizmente, muitas empresas estão fechando as portas. No nosso caso, apesar de tudo, o mês de abril já foi um mês bom, em maio a resposta está sendo boa, também em função da campanha do "Desconto Solidário", que deu um retorno bastante positivo - diz Jonas.

Denise é uma das funcionárias que permanecem desde a abertura da loja.

- Aqui, no Mercadão, todos os funcionários foram chamados, valorizados e informados que por mais que pudesse haver ajuste, a ideia não era demitir ninguém - conta a consultora.

VÍDEO: empresa de cursos auxilia comércio a se fortalecer em período de redução de vendas

MERCADÃO DOS ÓCULOS

  • Emprego diretos - 5 
  • Endereço - Galeria Chami, acesso pelo Calçadão ou Venâncio Aires, loja 2B
  • Telefone - (55) 3029-1414
  • Redes sociais - Instagram e Facebook 

#portodosnós
A campanha é uma iniciativa do Diário em parceria com a prefeitura de Santa Maria e conta com apoio de: AHturr, Ajesm, Apusm, Associação Rural de Santa Maria, ATU, Cacism, CDL, Espaço Contábil, OAB, Secovi, Secsm, SHRBS, Sindigêneros, Sindilojas, Sinduscon, Sinprosm


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190