distanciamento controlado

Troca de bandeiras começará a valer nas terças

Prefeituras terão prazo para contestar dados antes das regras de cada cor começarem a funcionar

18.297

O modelo do distanciamento controlado, utilizado pelo governo gaúcho para monitorar o coronavírus no Estado, tem mais alterações. Após prefeitos questionarem dados que levaram quatro regiões para o vermelho no último sábado, o governador, Eduardo Leite (PSDB), anunciou nesta terça-feira que dará prazo para municípios contestarem as informações. 

Região de Santa Maria volta para bandeira laranja

Nas próximas semanas, os cálculos que definem as cores das bandeiras de cada região, conforme o avanço da doença e a capacidade de atendimento, serão consolidados na quinta-feira e divulgados na sexta-feira. A partir disso, os prefeitos poderão enviar contestações de possíveis equívocos, como a falta de algum dado, e isso será analisado pelo Gabinete de Crise na segunda. Assim, as bandeiras só passarão a valer nas terças, com as devidas restrições. 

Nesta semana, a bandeira ainda será divulgada no sábado, mas o prazo para que as regiões entrem com recurso já será aberto, até segunda-feira e a atualização passa a valer na próxima terça-feira.

Hoje, os dados são consolidados na sexta, divulgados no sábado e já valem na segunda-feira. Nesta semana esse modelo ainda se mantém.

- Os prefeitos irão tomar conhecimento da situação da sua região na sexta-feira e poderão, regionalmente, recorrer do cálculo, apresentando sua contestação e apontando erros, omissões e revisões na planilha de monitoramento. Com isso, criamos uma instância recursiva. E as ponderações serão analisadas antes de serem oficializadas - explicou o governador durante live.

Santa Maria registra 9ª morte por coronavírus

Os cálculos e os indicadores não terão alteração. 

Quais são os 11 indicadores: 

  • Variação semanal do número de novas hospitalizações Covid-19
  • Variação no número de internados por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em UTI 
  • Variação no número de confirmados em leitos clínicos 
  • Variação no número de confirmados em UTI
  • Razão entre casos ativos na semana e recuperados no início da semana 
  • Novas hospitalizações Covid por população
  • Projeção de incidência de óbitos relativa à população 
  • Número de leitos livres para cada leito ocupado Covid-19
  • Número de leitos livres para cada leito ocupado Covid-19
  • Variação no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19 
  • Variação no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19

COMO FUNCIONA O DISTANCIAMENTO CONTROLADO
A estratégia utilizada pelo governo entrou em vigor no dia 11 de maio. O Estado foi dividido em 20 regiões e cada uma delas recebe semanalmente uma bandeira que indica se o risco de coronavírus é baixo, médio, alto ou altíssimo, representados pelas bandeiras amarela, laranja, vermelha e preta, respectivamente. Cada cor tem um nível de restrição. 

Nas bandeiras amarelas e laranjas, a maioria das atividades econômicas podem funcionar, desde que adotem as medidas sanitárias e reduzam o número de funcionários conforme o modelo. Já nas bandeiras vermelha e preta, as restrições aumentam, e o comércio não essencial, por exemplo, tem de fechar as portas. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190