Infraestrutura

Travessia Urbana deve ter novos trechos prontos este ano

Obras de duplicação deveriam ter sido concluídas em 2017. Nova previsão é metade de 2021

18.306

Foto: Giancarlo Duarte, TUSM, Divulgação

Se o repasse de verbas seguir conforme o esperado, até o final do ano o Dnit deve liberar ao tráfego o 2º viaduto do Trevo da Uglione, as quatro pistas duplicadas do trecho entre a CVI e o Arroio Taquara, perto da Ulbra, e também entre o novo shopping e o viaduto da Walter Jobim.

A duplicação anda mais lentos do que o previsto, mas nunca parou. Já foram gastos R$ 266 milhões nas obras. No lote 1, do viaduto do Castelinho até logo depois da Uglione, foram investidos R$ 130 milhões, com 90% das obras concluídas. Já no lote 2, da reta da Urlândia até a ponte do Arroio Taquara, após a Ulbra, o Dnit gastou R$ 136 milhões, com 83% prontos.

No Trevo da Uglione (foto), os trabalhos estão concentrados na construção do segundo viaduto. Nas próximas semanas, quando um dos pilares ficar pronto, será possível liberar as duas pistas laterais de quem vem de São Sepé, com uma para quem quiser acessar a rótula e entrar na cidade, e outra com tráfego livre, sem precisar parar, para quem quiser ir em direção à Duque e a Itaara. Essa mudança deve reduzir os congestionamentos de quem chega ao Trevo da Uglione vindo de São Sepé.

Pedágio: leilão para concessão da RSC-287 deve ocorrer em dezembro

Se o volume de verbas se mantiver, a previsão é concluir o 2º viaduto da Uglione até o final do ano. Quando isso ocorrer, cada estrutura terá duas pistas em cada sentido: Itaara-São Pedro e vice-versa. Também nos próximos meses, deve começar a obra das trincheiras, por onde passará o tráfego do sentido Itaara-São Sepé e vice-versa.

No lote 2, a primeira frente de trabalho está na ponte antiga do Arroio Cadena, que foi destruída e está sendo reconstruída. As fundações já foram feitas e, em breve, serão colocadas as vigas pré-moldadas. A expectativa é que, nos próximos meses, ela fique pronta e o tráfego seja liberado nas quatro pistas entre a frente do shopping Praça Nova e o viaduto da Walter Jobim.

Outra equipe constrói a passagem inferior na BR-287 com a Rua Vasco da Cunha, enquanto outra está fazendo uma rótula na curva após o viaduto da Tancredo e pavimentando as quatro pistas na reta da Ulbra. O Dnit espera concluir, até o final do ano, as quatro pistas da Travessia entre a CVI e a ponte do Taquara. Também estão sendo construídas duas passarelas e, em breve, deve começar a construção da outra rampa de acesso ao viaduto da Santa Marta. Ainda falta começar a passagem inferior da Urlândia. A previsão é concluir a Travessia em junho de 2021, mas dependerá do volume de liberação das verbas daqui para frente.



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190