coronavírus

Sem leitos disponíveis, Rosário do Sul decreta lockdown

Medida vale até a segunda-feira e será repetida no próximo final de semana

18.398


Foto: Prefeitura de Rosário do Sul (divulgação)
Reunião que definiu novo decreto ocorreu nesta quinta-feira

O município de Rosário do Sul decretou lockdown (fechamento total de todas as atividades) nos dois próximos finais de semana. A medida busca reverter a situação de colapso da rede hospitalar do município e conter a disseminação do coronavírus - a taxa de ocupação de leitos de UTI no Hospital Auxiliadora, o único que atende casos de Covid-19 na cidade, é de 100%. O município também decretou toque de recolher entre 22h e 6h em todos os dias da semana. As medidas foram tomadas após uma reunião entre poder público, representantes do comércio e autoridades sanitárias e policiais. O lockdown passa a valer nesta quinta-feira, às 20h, e vai até às 6h de segunda-feira.

Com 100% de ocupação de UTI, Rosário do Sul enfrenta colapso do sistema hospitalar

Outro lockdown está previsto para o dia 27, a partir das 20h, até às 6h do dia 30. Nos dias de semana, todos estabelecimentos devem fechar às 20h, sem possibilidade de tele-entrega ou retirada no local depois deste horário. Pessoas também estão proibidas de permanecer em espaços públicos, como ruas e praças, entre 22h e 6h.

O poder público também proibiu o estacionamento nas ruas Voluntários da Pátria, na quadra entre as ruas Amaro Souto e Independência, na Rua Amaro Souto, na quadra entre as ruas Voluntários da Pátria e João Brasil, e na Rua Garibalde Silva, na quadra que antecede o acesso à Praia das Areias Brancas. A proibição é válida de segunda à sexta, das 20h às 6h, aos sábados, a partir das 16h, e em domingos e feriados.

Em casa de descumprimento das determinações, tanto pessoas físicas quando estabelecimentos poderão ser advertidos e até multados.

EXCEÇÃO 
Nos finais de semana de lockdown as exceções são: 

  • Farmácias, que podem a qualquer horário para venda de medicamentos
  • Mercados, padarias e panificadoras, que podem abrir das 8h às 20h
  • Clínicas médicas, veterinárias e odontológicas podem atender somente em regime de urgência 
  • Distribuidora de gás, serviços funerários, serviços públicos essenciais e de saúde, forças de segurança, meios de comunicação, agronegócio, mecânicas e serviços de transporte coletivo ou individual podem continuar funcionando sem restrições de horários
  • Os postos de combustíveis não precisam adotar o lockdown, mas lancherias e conveniências devem permanecer fechadas 

*Esses serviços podem atender uma pessoa por família, sem acompanhantes, e um cliente para cada atendente  

CORONAVÍRUS
Há pelo menos 14 dias, a taxa de ocupação de leitos de UTI no Hospital Auxiliadora, o único que atende casos de Covid-19 em Rosário do Sul, é de 100%. A capacidade de leitos clínicos para pacientes suspeitos ou confirmados da Covid-19, que precisam ficar em isolamento, também está no máximo - 180%, conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Além disso, o município vive uma explosão de pessoas contaminadas. Dos 838 casos confirmados desde o começo da pandemia, 363 foram registrados em novembro. Conforme a secretaria de Saúde do município, Rosário do Sul não tem mais capacidade de atendimento e eventuais novos pacientes com necessidade de internação terão de ser realocados para outro município.

*colaborou Felipe Backes





fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190