distanciamento controlado

Santa Maria entra na segunda semana de bandeira vermelha

Nesta semana, nenhum recurso foi aceito pelo governo do Estado

18.398

Foto: Divulgação

O Estado divulgou, na tarde desta segunda-feira, o mapa definitivo do Distanciamento Controlado deste semana. A Região de Santa Maria não teve o recurso pedindo a reclassificação aceito, e permanece na bandeira vermelha pela segunda semana consecutiva. Pela primeira vez desde o começo do sistema adotado, nenhuma outra região teve o recurso atendido. 

Das 21 regiões, apenas uma, de Taquara, está em bandeira laranja. As demais - que representam 98% da população gaúcha - seguem com risco alto de transmissão de Covid-19. É a primeira vez, em 31 rodadas, que o mapa tem 20 regiões em bandeira vermelha (veja aqui o que e como pode funcionar). 

Segundo o Estado, além de Santa Maria, todos os demais recursos foram indeferidos por conta da contínua redução de leitos livres e do aumento da ocupação das UTIs. Mesmo que algumas regiões tenham apresentado média final menor do que na semana passada, optou-se pela manutenção das restrições mais severas da bandeira vermelha em um esforço para diminuir o contágio nestes 14 dias. 

O QUE MUDOU EM SANTA MARIA
A bandeira final de cada região é calculada a partir de dados de 11 indicadores que indicam a propagação de Covid-19 e a capacidade de atendimento. Nesta rodada, Santa Maria apresentou piora na avaliação de três indicadores que indicam dados específicos da região: variação semanal do número de novas hospitalizações, razão entre casos ativos na semana e recuperados no início da semana, e novas hospitalizações por Covid-19 - este último indicador com bandeira preta, risco máximo no cálculo do Estado.

Por outro lado, houve melhora nos indicadores de mudança na capacidade de atendimento a nível macrorregional (que inclui a região de Uruguaiana) e estadual. 

COGESTÃO
A cogestão regional segue suspensa até dia 14 de dezembro. Isso significa que as regiões em bandeira vermelha não podem seguir protocolos próprios, mas sim os definidos pelo Estado. 

REGRA 0-0
Mesmo com a cogestão suspensa, segue valendo a Regra 0-0, ou seja, municípios em bandeira vermelha, mas que não tiveram registros de hospitalizações ou óbitos associados à Covid-19 nas últimas duas semanas, podem adotar os protocolos da bandeira laranja. Na Região de Santa Maria, das 32 cidades, 18 podem seguir a regra:

  • Agudo
  • Cacequi
  • Capão do Cipó
  • Dilermando de Aguiar
  • Dona Francisca
  • Faxinal do Soturno
  • Formigueiro
  • Itacurubi
  • Ivorá
  • Jari
  • Mata
  • Nova Esperança do Sul
  • Pinhal Grande
  • Quevedos
  • São Martinho da Serra
  • São Vicente do Sul
  • Silveira Martins
  • Vila Nova do Sul

Logo, ficam em bandeira vermelha Itaara, Jaguari, Júlio de Castilhos, Nova Palma, Paraíso do Sul, Restinga Seca, Santa Maria, Santiago, São Francisco de Assis, São João do Polêsine, São Pedro do Sul, São Sepé, Toropi e Unistalda. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190