distanciamento controlado

Relembre as regras da bandeira vermelha no Rio Grande do Sul

Classificação vai valer até 10 de maio, quando novo modelo de restrições será lançado pelo governo estadual

Foto: Foto: Anselmo Cunha (Arquivo/Diário)

Foto: Anselmo Cunha (Arquivo/Diário)

Com a mudança do governo estadual, voltam a valer os protocolos da bandeira vermelha no Rio Grande do Sul. A articulação do Estado visa garantir o retorno das aulas presenciais. Entretanto, os protocolos em vigor se tornam mais brandos em outras áreas. Na prática, há regiões que podem não terão alterações caso já vigorassem as regras da vermelha, o que era permitido pela cogestão.

Santa Maria registra mais oito óbitos associados à Covid-19 e total chega a 539

Ainda nesta terça-feira, um decreto do governador Eduardo Leite (PSDB) vai dizer quais níveis de ensino serão permitidos. Os protocolos da bandeira vermelha não serão alterados na publicação. Por enquanto, a suspensão de atividades não essenciais entre 20h e 5h segue em vigor.

ALIMENTAÇÃO

  • Restaurantes (sem autosserviço), lanchonetes, lancherias, bares e sorveterias - 50% de trabalhadores e 25% de lotação (máximo de 5 pessoas por mesa e distanciamento de 2 metros)
  • Restaurantes (com autosserviço) - Fechados
  • O protocolo prevê o funcionamento exclusivamente para alimentação e proíbe atividades de happy hour

COMÉRCIO

  • Lotação - Trabalhadores e clientes, de 1 pessoa para cada 8m² de área de circulação e conforme o Projetos de prevenção e proteção contra incêndio (PPCI)
  • O protocolo prevê cartaz que indique lotação máxima no local 

EDUCAÇÃO

  • Estado permite o retorno
  • Decreto ainda vai elaborar quais níveis será permitido o retorno
  • Ensino presencial - Ocupação máxima de sala de aula ou equivalente, respeitando distanciamento mínimo de 1,5m entre classes, carteiras ou similares

SERVIÇOS

  • Parques temáticos, parques de diversão, parques de aventura, parques aquáticos, atrativos turísticos e similares (fixos ou itinerantes) - Permitido exclusivamente para locais com Selo Turismo Responsável do Ministério do Turismo, com controle de acesso, 50% de trabalhadores e 25% de público
  • Teatros, auditórios, casas de espetáculos, casas de show, circos e similares - Somente para gravações com 50%trabalhadores, limitado ao máximo de 30 pessoas ao mesmo tempo e sem público
  • Cinemas e Espetáculos Drive-In - Fechados
  • Museus, centros culturais e similares -  50% de trabalhadores e 25% público
  • Eventos sociais - Fechados
  • Academias, centro de treinamentos e similares - 1 pessoa para 16m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI
  • Clubes sociais - 25% de trabalhadores,  25% de lotação . Ocupação de 1 pessoa para cada 16m² de área útil


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190