distanciamento controlado

Pela terceira semana, bandeira continua laranja em Santa Maria

Horários e regras de funcionamento de comércio, restaurante e outros serviços continuam como estão na cidade



O governo do Estado divulgou, na tarde desta sexta-feira, o mapa preliminar do modelo de Distanciamento Controlado, que aponta que a região de Santa Maria fica na bandeira laranja. Esta é a terceira semana consecutiva que as cidades da região ficam com a classificação de risco médio para o novo coronavírus. A cor de cada região é definida a partir de uma série de indicadores que levam em conta dados de internações, novos casos e óbitos pela doença. O comércio deve permanecer com o mesmo horário de atendimento desta semana (veja abaixo).

Leia também:
Estado contabiliza mais 36 mortes por coronavírus nesta sexta-feira
Com adaptações, Caravana de Natal da Coca-Cola irá ocorrer em 2020

No Estado, três regiões voltaram a ter bandeira vermelha: Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo. Na semana passada, nenhuma região tinha classificação de alto risco de contaminação de Covid-19. Outra mudança em relação à semana passada são regiões que pioraram índices e nesta semana passaram do amarelo para o laranja: Bagé, Cachoeira do Sul (Caçapava do Sul integra a região) e Palmeira das Missões. 

REGRA 0-0 
Conforme o mapa preliminar da 25ª rodada, 57 municípios estão classificados em bandeira vermelha. Desses, 35 municípios podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local. Tupanciretã, que integra a região de Cruz Alta, se encaixa nesta possibilidade. 

SITUAÇÃO NA REGIÃO 
A macrorregião Centro-Oeste, que engloba municípios da região de Santa Maria e de Uruguaiana também, tiveram piora em alguns índices e melhora em outros, confira: 

  • Os registros de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos sete dias caíram 24%, passando de 65 para 49 na macrorregião (somando as duas regiões Covid)
  • Com relação a SRAG (síndrome respiratória aguda grave), enquanto há 7 dias atrás havia 51 internados, a quantidade de pacientes foi para 33 no último dia - queda de 35%. Por sua vez, houve redução no caso de pacientes com Covid19 internados em leitos clínicos, cujo número passou de 55 para 46, uma diminuição de 16%
  • Os internados por Covid-19 em leitos de UTI, a redução foi de 23%,passando de 35 para 27 pacientes
  • Somaram 18 óbitos registrados nos últimos dias na macrorregião, ao passo que chegam a 773 casos ativos. São 3.738 os recuperados
  • O indicador relacionado a capacidade de atendimento apresentou uma melhora no comparativo entre as semanas, avançando para a bandeira amarela
  • Assim, o percentual de pacientes confirmados para Covid-19 em leitos de UTI, com relação aos leitos livres, reduziu
  • Enquanto na semana passada havia 1,37 leitos de UTI livres para cada leito de UTI ocupado por paciente Covid-19, nesta semana o indicador passou para 2,96 - aumento de 116%
  • No comparativo do número de leitos livres de UTI no último dia para atender Covid-19 entre as duas quintas-feiras, verifica-se uma pequena redução no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19, passando de 48 para 80, aumento de 67, o que manteve o indicador tenh atingido bandeira amarela
  • Portanto, com as variações nos números de internados e na velocidade do avanço da doença, os dois indicadores macrorregionais que mensuram o número de pacientes internados em UTI (por SRAG e por Covid-19) e o indicador de internados em leitos clínicos (Covid-19) obtiveram bandeira amarela. Os indicadores de capacidade de atendimento e de mudança na capacidade de atendimento também registraram baixo risco na macrorregião

COMÉRCIO

As lojas de rua de itens não essenciais podem atender ao público das 9h às 19h, de segunda-feira a sábado, de acordo com decreto mais recente, as lojas de shoppings podem funcionar por 9 horas por dia, de segunda a sábado, entre 11h e 21hFora desse horário, os estabelecimentos poderão operar de acordo com o horário do Alvará de Localização para realizar venda por tele entrega e pegue e leve.

Já os shoppings centers podem funcionar, para atendimento ao público, em até nove horas por dia entre as 11h e as 21h, de segunda-feira a sábado (domingo segue sendo proibido). Fora desse horário só é permitido a abertura para o acesso e funcionamento de atividades essenciais e de restaurantes, conforme permitido pela prefeitura ou para vendas por tele entrega, drive-thru ou pegue e leve.

ALIMENTAÇÃO
As padarias, açougues, fruteiras e distribuidoras de bebidas podem atender o público das 7h às 22h. Aqueles serviços considerados essenciais, que estão com restrição de horários para atendimento ao público, podem operar por delivery de acordo com o horário determinado no alvará.

Os restaurantes e lancherias podem atender o público para consumo no local das 8h às 22h30min e até as 23h30min para a conclusão dos atendimentos e do consumo no estabelecimento. Fora dessa faixa de horário, mas dentro do permitido pelo Alvará de Localização de cada empreendimento, é possível funcionar por meio dos sistemas de pegue e leve e tele entrega.

COMO E O QUE PODE FUNCIONAR NA LARANJA

Administração pública  

  • Serviços não essenciais: 50% dos trabalhadores  
  • Política e administração de trânsito, serviços delegados de habilitação de condutores: 75% dos trabalhadores
  • Segurança e ordem pública, atividades de fiscalização e inspeção sanitária: 100% dos trabalhadores

Agropecuária

  • Agricultura, Pecuária e serviços relacionados; produção florestal; pesca e aqüicultura: 100% dos trabalhadores  

Alojamento e alimentação

  • Restaurantes de autosserviço (self-service): fechado  
  • Restaurantes a la carte, prato feito e buffet sem autosserviço: 50% de trabalhadores e 50% de lotação
  • Lanchonetes e lancherias: 50% trabalhadores
  • Hoteis e similares (geral): 50% dos quartos
  • Hoteis e similares (em beira de estradas e rodovias): 100% dos quartos

Comércio

  • Comércio de veículos; manutenção e reparação de veículos (rua): 50% de trabalhadores  
  • Comércio de Combustíveis para Veículos Automotores: 75% de trabalhadores
  • Comércio atacadista não essencial: 50% de trabalhadores
  • Comércio atacadista itens essenciais: 75% de trabalhadores
  • Comércio varejista não essencial (rua): 50% de trabalhadores
  • Comércio varejista não essencial (centro comercial e shopping): 50% de trabalhadores e 50% de lotação
  • Comércio varejista itens essenciais (centro comercial e shopping): 50% de trabalhadores e 50% de lotação
  • Comércio Varejista de Produtos Alimentícios (mercados, açougues, fruteiras, padarias e similares): 75% de trabalhadores

Educação

  • Ensino de Idiomas; Ensino de Música; Ensino de Esportes, Dança e Artes Cênicas; o Ensino de Arte e Cultura (outros); Formação profissional, formação continuada, cursos preparatórios para concurso, treinamentos e similares : 50% trabalhadores e 50% alunado

Indústria

  • Extr. de Petróleo e Minerais - Outros: 50% de trabalhadores
  • Alimentos, bebidas, papel e celulose, farmoquímicos e farmacêuticos: 100% de trabalhadores
  • Demais: 75% de trabalhadores

Saúde

  • Assistência Veterinária: 75% trabalhadores
  • Atenção à Saúde Humana e Assistência Social: 100% trabalhadores

Serviços

  • Casas noturnas, bares e pubs: fechado
  • Eventos em ambiente fechado ou aberto: fechado
  • Parques Temáticos, Atrativos Turísticos e Similares: 50% trabalhadores e 25% público
  • Parques e reservas naturais, jardins botânicos e zoológicos: 50% trabalhadores 25% público
  • Teatros, cinemas e casas de espetáculos: 25% trabalhadores (sem público espectador)
  • Museus e similares: 50% trabalhadores e 25% público
  • Bibliotecas, arquivos, acervos e similares: 25% trabalhadores (consulta local ou pegue e leve)
  • Ateliês: 25% trabalhadores (atendimento individualizado)
  • Atividades de organizações associativas ligadas à arte e à cultura (MTG e similares): 25% trabalhadores (atendimento individualizado)
  • Academia de ginástica (inclusive em clubes) e clubes sociais, esportivos e similares : 25% trabalhadores (atendimento individualizado ou mínimo 16 m² por pessoa)
  • Clubes de futebol profissional em disputa no Campeonato Gaúcho (Gauchão Ipiranga 2020) e no Campeonato Brasileiro 2020: 25% trabalhadores (sem público)
  • Reparação e manutenção de objetos e equipamentos; lavanderias: 50% de trabalhadores
  • Cabeleireiro e barbeiro; petshop: 25% de trabalhadores
  • Missas e serviços religiosos: 30% do público
  • Funerária: 100% trabalhadores
  • Bancos, lotéricas e similares: 75% de trabalhadores
  • Atividades administrativas dos serviços sociais autônomos; Organizações sindicais, patronais, empresariais e profissionais; Serviços de auditoria, consultoria, engenharia, arquitetura, publicidade e outros; Serviços profissionais de advocacia e de contabilidade; Serv. Admin. e Auxiliares; Agência de turismo, passeios e excursões; Imobiliárias e similares: 50% trabalhadores
  • Faxineiros, cozinheiros, motoristas, babás, jardineiros e similares: 50% trabalhadores
  • Call-center: 50% trabalhadores
  • Vigilância, Segurança, Investigação; Serviços para Edifícios: 75% trabalhadores
  •  Serviços de Informação e Comunicação
  • Edição integrada à impressão; produção de vídeos e programas de televisão; atividades de rádio e televisão: 75% trabalhadores
  • Telecomunicações; serviços de TI; Prestação de Serviços de Informação: 100% trabalhadores

Serviços de Utilidade Pública

  • Eletricidade, gás, água, esgoto, coleta e tratamento de resíduos: 100% trabalhadores

Transporte

  • Transporte rodoviário fretado de passageiros; transporte rodoviário de carga; transporte coletivo de passageiros (metropolitano tipo Seletivo); armazenamento, carga e descarga: 100% dos assentos
  • Transporte coletivo de passageiros (municipal e metropolitano tipo Comum): 60% capacidade total do veículo
  • Transporte rodoviário de passageiros (intermunicipal, tipo Comum): 50% assentos (janela)
  • Transporte rodoviário de passageiros (intermunicipal, tipo Semidireto, Direto, Executivo ou Seletivo): 50% assentos (janela)
  • Transporte rodoviário de passageiros (interestadual): 50% assentos (janela)
  • Transporte ferroviário de passageiros (metropolitano): 50% capacidade total do vagão
  • Transporte aquaviário de passageiros: 75% assentos
  • Aeroclubes e aeródromos: 50% trabalhadores
  • Atividades de correios, serviços postais e similares: 75% trabalhadores


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190