mistério

Peixes mortos no Arroio Cadena podem ter sido carregados de outro local com a enchente

Resultado de amostras da água devem levar cerca de uma semana para ficar pronto

18.389
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)


Foto: Renan Mattos (Diário)/

O resultado da análise das amostras de água coletadas no Arroio Cadena, após o aparecimento de dezenas de peixes mortos na última terça-feira, deverá ficar pronto daqui a uma semana. O material, que foi coletado pelo Batalhão Ambiental da Brigada Militar, foi enviado ao Laboratório de Análises de Resíduos de Pesticidas (LARP) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) na última quarta-feira.

Preso suspeito de estuprar mulher após a Romaria da Medianeira

Nesta quinta-feira, o chefe da Divisão de Emergências Ambientais da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), Rafael Rodrigues, disse que os 37 animais contabilizados pelo Batalhão já estavam em estado avançado de putrefação e, como havia outros peixes e tartarugas vivos ao redor, é provável que esses animais tenham sido carregados de outro local com a enchente das últimas chuvas que atingiram a cidade no final de outubro e início de novembro.

Trânsito na Vale Machado com a Floriano Peixoto será bloqueado para conserto de galeria

A Secretaria de Meio Ambiente chegou a enviar uma equipe até o local na manhã de quarta-feira para fazer uma vistoria. Por enquanto, as causas da mortandade ainda são desconhecidas. Os animais apareceram próximo à cabeceira da ponte que dá acesso ao Bairro Renascença e que está interditada para as obras emergenciais após ter cedido com o temporal.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190