Espera

Novo angiógrafo do Husm deve começar a operar em junho de 2021

Aparelho antigo apresentou defeito e precisou ser trocado, ainda em julho de 2020

Maurício Araujo

Foto: Renan Mattos (Diário)

Nesta quarta-feira, Iris Terezinha Otes Dutra, 50 anos, está a caminho da cidade de Ijuí, onde fará um cateterismo para descobrir se será necessária uma angioplastia coronariana (colocação de stent). A viagem é necessária porque, em julho de 2020, o aparelho de angiógrafo do Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) estragou, sendo preciso trocar o equipamento. No começo deste mês, a sala de procedimentos da hemodinâmica entrou em obras para receber o novo aparelho. A previsão é que a conclusão ocorra em junho deste ano, quando devem ser retomados os exames. Assim, Iris e tantos outros pacientes não precisarão viajar a outras cidades para procedimentos como cateterismo cardíaco e angioplastias.

Conforme o chefe da Unidade de Diagnóstico por Imagem do Husm, Guilherme Weis, o cronograma de conclusão de obra está mantido e os pacientes que precisam deste tipo de exame são assistidos:

Estado recebe remessa de 135 mil vacinas contra a Covid-19 nesta quarta

- A empresa está trabalhando para entregar as obras dentro do prazo e, então, retomaremos os exames de cateterismo e angioplastia. Os demais exames seguem normais.

A empresa Siemens é a responsável pela readequação do espaço físico. O aparelho novo foi adquirido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O Hospital Universitário afirma que todos os casos de emergência recebidos na instituição foram atendidos. Ainda, para garantir o pleno acesso aos exames, pacientes seguem sendo encaminhados para atendimento em Ijuí e Passo Fundo.

ESPERA

No dia 5 de fevereiro, a enfermeira Iris Terezinha infartou. Desde então, ela seguia hospitalizada no Husm, onde necessitava de um cateterismo para avaliar os danos. O filho da paciente, o técnico em enfermagem Gustavo Henrique Otes Dutra, indignou-se ao saber que o exame não poderia ser realizado, já que não tinha o aparelho - sendo o único na cidade disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Entidades são contrárias a restrições mais severas

- É uma angustia sem fim, porque não podemos visitar e nem estar perto. As equipes médicas foram excelentes, mas não ter o aparelho e saber que isso poderia levar a uma grande espera foi horrível - destaca Dutra.

A informação de que Iris seria encaminhada a Ijuí foi dada pelo Husm ao familiar ainda na terça-feira.

HISTÓRICO

O angiógrafo do setor de Hemodinâmica já havia apresentado problemas em janeiro de 2020 e chegou a ficar quase um mês inabilitado. Com isso, procedimentos como cateterismo cardíaco, angioplastias, arteriografia e endopróteses não estavam sendo realizados pelo hospital, que é referência regional na área. O antigo aparelho estava em uso há cerca de 15 anos e precisou ser substituído porque a empresa que fazia a manutenção não fabricava mais as peças.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190