luto

Morre radialista Quintino Oliveira, fundador da TV Imembuí e ex-professor da UFSM

Ele tinha 82 anos e estava internado há 30 dias na UTI do Hospital São Francisco de Assis

18.398

Foto: Arquivo pessoal da família

A imprensa de Santa Maria está de luto. Faleceu na noite de segunda-feira, o radialista Quintino Oliveira, fundador da TV Imembuí e diretor da rádio Imembuí e rádio Universidade. Ele tinha 82 anos e há 30 dias estava internado na UTI do Hospital São Francisco de Assis, após sofrer um AVC. A situação se agravou após o aparecimento de uma pneumonia. O velório está ocorrendo das 10h às 17h, na capela A, do cemitério Santa Rita de Cássia, Avenida Prefeito Evandro Behr, 2833, em Santa Maria. Após o velório, será levado para o crematório de Caxias do Sul.

Indígena, idosa e profissionais de saúde são os primeiros vacinados no RS 

Quintino Oliveira era formado em Medicina Veterinária pela UFSM, mas durante boa parte de sua vida esteve dedicado à radiodifusão santa-mariense. Foi professor do curso de jornalismo na mesma, ministrando aulas de rádio. O radialista deixa esposa Manoela também com 82 anos e filhos Renan, 59, Roberto, 54 e Rafael, 43.

HISTÓRIA
Quintino começou no rádio no início da década de 1960, na Santa-mariense. Com passagens por outras emissoras como a Guarathan, ele inovou ao criar, junto dos colegas Léo Copstein e Pedro Martins, o programa O Clube do Sereno, que começa às 23h e termina às 2h da madrugada. Na época, a grade de horários se encerrava à meia noite. O programa foi sucesso de audiência. 

Cláudio Zappe, diretor da Imembuí, comenta que Quintino era um grande locutor, com voz potente, o que fez dele um locutor comercial:

As agências faziam questão de que fosse ele quem anunciasse seus produtos. A entonação dele passava credibilidade para os produtos apresentados.

Braço direito de Antônio Abelin, um dos fundadores da rádio Imembuí, Quintino construiu um legado de dedicação e posicionamentos corretos. Zappe diz que o locutor era admirado por todos que o conheciam. Fernando Adão Schmidt pensa o mesmo, pois foi chefiado por Quintino na década de 1970, enquanto estava na coordenação de notícias. 

- Estivemos próximos por 10 anos. Ele sempre foi um bom chefe e um bom colega. Não tenho críticas a ele - comenta

Quem serão as primeiras vacinadas contra a Covid-19 em Santa Maria

NA UFSM
Chamado em 1968, pelo reitor José Mariano da Rocha Filho, foi um dos primeiros diretores da Rádio Universidade 800AM e fez amizade com James Pizarro, professor de Agronomia aposentado. 

- Nós fomos amigos por mais de meio século. Aos sábados, no Avenida Tênis Clube, batíamos longos papos e atualizávamos as conversas. Há uns dois anos ele vinha insistindo comigo para que eu escrever a história do "Antes que a Natureza Morra", programa de educação ecológica que eu mantive durante quase 30 anos na rádio da UFSM porque ele queria publicar no jornal da APUSM, o que acabei não fazendo - lamenta Pizarro. 

Quintino Oliveira
Nascimento: 11.11.1938
Morte: 18.01.2021 

*Colaborou Gabriel Marques



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190