ajuda

Moradores do Bairro Santos contam com ação solidária de entrega de marmitas

As primas Graziela e Mirian estão produzindo e distribuindo marmitas, uma vez por semana, para quem precisa

Rodrigo Ricordi

Fotos: Renan Mattos (Diário)

"A motivação é uma porta que se abre por dentro". A frase de Mario Sergio Cortella, grafada no livro Por que Fazemos o que Fazemos? (2016) pode servir para diversas situações cotidianas. Ela se encaixa como uma luva na ação da decoradora Graziela Rodrigues Costa, 40 anos, e da educadora física Mirian Vieira Rodrigues, 36. Ao perceberem que muita gente passa dificuldades com a falta de refeições no bairro Santos, onde elas moram, as primas decidiram entregar, aos sábados, marmitas para quem estiver precisando.

- Eu já tinha esse sonho, só não conseguia botar em prática. Daí contei para a Mirian e me encorajei, pois tinha ela junto. Sozinho a gente não consegue fazer muita coisa - comenta Graziela.

Segunda dose para idosos de 77 anos é neste sábado

Mirian fala que o projeto é um ato que pode significar muito para as pessoas que vivem no bairro:
- Decidimos fazer e, desde então, estamos tocando essa ideia. A gente vê só alegria. Entregar as marmitas é um bom caminho. Tem muita gente que não tem como fazer a comida em casa. É uma refeição que pode ser a única da pessoa naquele dia.

A receptividade de quem recebe as refeições, sejam famílias ou pessoas que vivem sozinhas, é encantadora, diz a decoradora.

- É uma mistura de sentimentos, porque a gente vê a realidade. Entregamos uma refeição para um senhor que não teria o que comer naquele dia. Ele ficou feliz, querendo conversar com a gente - conta Graziela.

Como ajudar

Para colaborar com a iniciativa das primas o contato pode ser feito pelos perfis do Instagram @mivieira.ro ou @gdegrazy. Após o contato, basta combinar a entrega da ajuda em alimentos, marmitas ou em dinheiro. A dupla já entregou em torno de 120 marmitas e arrecadou uma quantia em dinheiro para comprar os recipientes para entregar e um gás para a produção.

Manuela do Monte participa do episódio desta quinta de 'Confessionário'

- Eu gostaria mesmo é que as pessoas de cada bairro tivessem a mesma atitude e se responsabilizassem por quem precisa. Se unissem em duas ou três pessoas e fizessem uma ação dessas. Agora que o inverno está se aproximando, vamos fazer sopa algumas vezes durante a semana. Se algumas pessoas tivessem essa mesma atitude, íamos melhorar a vida de muita gente - sugere Graziela.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190