santa maria

Licitação para melhorias no Parque Itaimbé será lançada no próximo mês

Confira o que prevê a reforma, que está orçada em mais de R$ 270 mil

Marcelo Martins

Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Empresa que vencer o edital terá dois meses para promover melhorias no espaço

Em pouco mais de uma semana, a prefeitura de Santa Maria pretende lançar uma licitação para a recuperação não na totalidade, mas de uma parte do Parque Itaimbé, um dos principais espaços dentro da área urbana da cidade e que carece, de longa data, de reparos. O objetivo da gestão Jorge Pozzobom (PSDB) é dar uma repaginada no chamado setor 2 do parque, que fica no entorno do Centro de Atividades Múltiplas Gabribaldi Pogetti, o Bombril.  

O custo dos serviços, que devem durar dois meses, é de R$ 271,1 mil. A empresa que vencer o processo licitatório, que será aberto no dia 2 de agosto, terá de realizar uma série de melhorias que vão desde acessibilidade e recuperação de calçadas até o incremento nas quadras esportivas do parque. 

O Diário ouviu moradores e frequentadores do parque. Todos são unânimes em torno do mesmo entendimento: que o espaço precisa ter investimento público e, assim, se tornar mais atrativo. Porém, o exemplo do lado - que é a demora na entrega do Bombril - faz com que a descrença prevaleça.

- O Bombril é um exemplo vergonhoso e que mostra que a prefeitura, seja A ou B que esteja lá, não consegue resolver as coisas. Agora, tomara que façam essas obras mesmo no parque, que está abandonado - questiona Marafiga Foliato, 59 anos, e que mora há 10 em um dos prédios próximos ao Bombril.

Sentimento que é compartilhado pelo comerciante Andreri Sucki, 38, que faz uso do mesmo exemplo - o Bombril - para questionar a falta de eficiência da prefeitura. Porém, ele entende que, se as melhorias propostas para setor 2 saírem do papel, será um ganho à população:

- O Parque Itaimbé é um cartão-postal da cidade e é vergonhoso mostrar o local para quem não é daqui. Espero mesmo que a prefeitura consiga mudar a cara desse espaço tão negligenciado. Quem ganha é a população.

À frente do projeto, o chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez, avalia que, com a licitação, a prefeitura está dando um importante passo para proporcionar lazer e entretenimento à população. Quanto à situação do Bombril, o secretário diz que a administração trabalha de forma a dar celeridade à conclusão da obra, que se arrasta desde a gestão passada. E adianta que trabalha nos últimos detalhes para que, na primeira semana de agosto, a obra seja oficialmente entregue. Há, inclusive, uma programação especial em curso, já em tratativas finais, sendo elaborada pela Secretaria de Cultura. 

Cortez afirma que a escolha pela revitalização do setor 2 levou em conta duas situações: valorizar o entorno do Bombril e a questão financeira, já que a prefeitura não tem recursos, no momento, para promover uma reforma em todo o espaço. 

- Queremos, assim, dar uma valorizada no entorno do Bombril, que será entregue à comunidade. É um esforço da administração - diz.

PISTA DE SKATE
O chefe da Casa Civil adianta que, até o fim do ano, será lançada outra licitação para o Parque Itaimbé, para a construção de uma pista de skate. Os demais setores do parque estão no horizonte de eventuais melhorias da prefeitura, aponta Cortez. Porém, não há sinalização de prazo. 

Enquanto isso, o Executivo municipal avalia se valer da estrutura das demais secretarias para promover reformas pontuais ao longo do Itaimbé

Confira, abaixo, o que está previsto para o chamado setor 2 do Parque Itaimbé: 

  • A área de intervenção do setor é de 13,8 mil m² e contempla as quadras do parque
  • A empresa que vencer o edital também fará a pintura e a demarcação das quadras e das linhas de jogo
  • A escolhida na licitação ficará responsável por fornecer e instalar - já pintados - tabelas de basquete (incluindo aro, suporte e fixação), goleiras de futsal (com redes) e conjunto de postes para vôlei (com redes)
  • A obra, uma vez iniciada e concluída, contemplará a colocação de rampas de acessibilidade e ainda melhorias de iluminação 

HISTÓRICO 

  • O Parque Itaimbé foi construído sobre o leito do Arroio Itaimbé, um afluente do Arroio Cadena. A área foi urbanizada e, hoje, a água cruza por baixo do piso do parque. Por ter sido construído sobre o leito do arroio, fica em um nível abaixo do nível da Avenida Itaimbé
  • Abrange quatro bairros: Centro, Menino Jesus (a área central), Nossa Senhora das Dores (no extremo sul) e Itararé (no extremo norte)
  • A área foi incluída no zoneamento urbano pela Lei Municipal Nº. 2096/80, de 10 de janeiro de 1980, que institui a Lei de Uso do Solo do Município de Santa Maria. A lei foi promulgada pelo prefeito Osvaldo Nascimento da Silva
  • No interior do parque fica o Centro de Atividades Múltiplas Garibaldi Pogetti, o Bombril, construído na década de 1980. Também há a Concha Acústica, um Centro de Tradições Gaúchas (CTG) e a antiga sede da Guarda Municipal


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190