paixão de cristo

FOTOS: Via Sacra relembra o sofrimento de Jesus Cristo nesta Sexta-Feira Santa

Cerca de 200 pessoas acompanharam a encenação no Parque da Medianeira

Thays Ceretta
Foto: Fotos: Gabriel Haesbaert (Diário)
Fiéis acompanharam o percurso das 14 estações bem de perto

Fotos: Gabriel Haesbaert (Diário)
Fiéis acompanharam o percurso das 14 estações bem de perto

Um percurso de cerca de 200 metros que retrata um pouco da dor e do sofrimento que Jesus Cristo passou até a Ressurreição. A Via Sacra faz parte das celebrações da Sexta-Feira Santa. Na manhã de hoje, o Parque da Medianeira em Santa Maria, foi o local em que os cerca de 20 fiéis voluntários encenaram o trajeto que Ele fez do Pretório ao Monte Calvário em Jerusalém há mais de 2 mil anos. O momento foi de reflexão e oração durante as 15 estações, incluindo a Ressurreição.

A emoção tomou conta de quem participou da encenação e do público de aproximadamente 200 pessoas que acompanhou tudo de perto e registrou a Via Sacra em fotos e vídeos.

_ Eu venho todos os anos, essa é uma forma de acompanhar o sofrimento de Jesus por nós. Assim, acompanhamos um pouco do que ele passou desde a morte até a crucificação _ disse emocionada a cozinheira Mariza Brum, 59 anos.

As cenas do Caminho da Cruz, onde Jesus é condenado à morte, carrega a cruz, cai pela primeira vez, encontra sua mãe, entre outros acontecimentos, faz com que os fieis reflitam sobre o sofrimento de Jesus Cristo e da sociedade como um todo. É um momento de oração, encontro e de partilha, conforme o pároco do santuário padre Ruben Dotto.

_ Nossa esperança é a Ressurreição. Assim como Jesus, precisamos aprender que não podemos desistir no primeiro tombo, ele caiu e levantou. Precisamos aprender com ele a fazermos da vida uma doação, uma entrega por amor pela vida e a dignidade de todas as pessoas, superando as quedas e vencendo a cruz. Ele não se deixou esmarcar pela cruz, isso é fundamental, não podemos ficar na estrada com o sofrimento e dificuldades, mas a vencer e superar _ disse o pároco.

VÍDEO: militar realiza o sonho de trazer para Santa Maria haitiano que conheceu durante missão de paz

Ao chegar em cada estação, os fiéis se ajoelhavam, cantavam e faziam momentos de silêncio. Depois de ser pregado na cruz, e ficar no colo de Maria assim que morreu, o momento alto da encenação foi quando Jesus ressuscitou. Os devotos acenaram celebrando a salvação.

_ É uma tradição acompanhar a Via Sacra desde pequena, aprendi com meus pais. Depois que Jesus ressuscita eu sinto uma coisa boa, fico mais alegre, isso mostra que ele cumpriu a missão e que nós devemos seguir os passos dele_ conta Neli Tolfo, 74 anos, dona de casa.

O pequeno Guilherme de 4 anos, assistiu a encenação atento. O pai dele, Clemilson Amaral, 42 anos, fez questão de levar o filho para entender desde cedo o que Jesus enfrentou.

_ Este é um momento de fazer uma reflexão dos dias de hoje para sermos pessoas melhores, afinal, um dia estaremos todos juntos. Desde pequeno é importante que ele aprenda todo o caminho sofrido até a alegria da ressurreição _ reflete Clemilson.

 

OS PERSONAGENS
Pela primeira vez, Giuseppe Bertazzon Neto,19 anos, interpretou Jesus Cristo. Ele comenta que a emoção toma conta na encenação principalmente ao sentir na pele um pouco do que Jesus encarou.

_ A gente se esforça muito para tentar deixar o máximo fidedigno possível e querendo ou não é uma honra participar, é uma graça poder ter esse privilégio. Uma experiência única.

Por muitos momentos, Luciane Silva de Jesus, 34 anos, esteve emocionada ao interpretar Maria. As lágrimas escorreram pelo rosto.

_ Não tem como não se emocionar, principalmente depois que a gente é mãe. Vendo o sofrimento dele, nenhuma mãe quer sentir isso. Cada estação nos faz lembrar de tudo e nos dá dissentimento de como levar a vida, encarar os problema do dia a dia e nos dar força, agora é vida nova, ele ressuscitou para nos salvar_ afirma Luciane.

Projeto propõe lei municipal sobre lanches saudáveis nas escolas de Santa Maria

Inácio de Pellegrin, 67 anos, é diácono na paróquia Nossa Senhora de Fátima. Há cerca de 10 anos ele faz parte do grupo de personagens que participa da encenação. Ele representou um dos soldados que conduziu Cristo durante o percurso.

_ Para mim, este é um momento de viver o que Jesus viveu e além disso, mostrar o que aconteceu para as pessoas avaliarem e entenderem o sacrifício feito por nós _ analisa Inácio. 

Imagens


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190