distanciamento controlado

Estado permite aumento de ocupação de comércio e repartições públicas

Mudanças no protocolo do Distanciamento Controlado foram anunciadas junto do mapa definitivo nesta segunda. Alterações são válidas a partir de terça

18.398

O governo estadual anunciou mudanças em protocolos de dois setores do modelo de Distanciamento Controlado. Na prática, em todas as bandeiras, houve permissão de maior ocupação em repartições públicas e comércio. As alterações foram divulgadas junto do mapa definitivo com 19 regiões em bandeira vermelha. As mudanças passam a valer a partir desta terça-feira.

Boletim estadual contabiliza mais 1.699 casos de Covid-19 e 59 novos óbitos

Na prática, a ocupação total de lojas de produtos essenciais passa a contar funcionários e clientes para estipular o teto. Antes, o limite era aplicado por distanciamento de 2 m² por pessoa em qualquer ambiente e por percentual de trabalhadores. Na bandeira vermelha, por exemplo, era permitido somente 50% de trabalhadores. Agora, a restrição é única de acordo com o distanciamento.

VÍDEO: semáforos de duas avenidas começarão a funcionar de forma sincronizada

COMÉRCIO
As alterações valem para oficinas mecânicas, comércio atacadista e varejista de itens essenciais e não essenciais, comércio varejista de produtos alimentícios e comércio de combustíveis de veículos. Na Bandeira Preta, o aumento vale apenas para itens essenciais.

  • Bandeira preta - lotação (trabalhadores + clientes): 1 pessoa, com máscara, para cada 8m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI
  • Bandeira vermelha - lotação (trabalhadores + clientes): 1 pessoa, com máscara, para cada 6m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI
  • Bandeira laranja - lotação (trabalhadores + clientes): 1 pessoa, com máscara, para cada 4m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI
  • Bandeira amarela - lotação (trabalhadores + clientes): 1 pessoa, com máscara, para cada 2m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI

Na administração pública, o governo permitiu que as prefeituras possam determinar regras próprias quanto a ocupação dos espaços físicos. Contudo, o próprio protocolo já aumentou o teto de ocupação de serviços não essenciais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Serviços não essenciais

  • Bandeira preta: em vez de permitir somente teleatendimento ou trabalho presencial restrito, passa a permitir 25% de trabalhadores (ou normativa municipal)
  • Bandeira vermelha: em vez de 25%, passa a permitir de 50% trabalhadores (ou normativa municipal)
  • Bandeira laranja: em vez de 50%, passa a permitir 75% de trabalhadores (ou normativa municipal)
  • Bandeira amarela: em vez de 50%, passa a permitir 100% de trabalhadores (ou normativa municipal)


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190