criminalidade

Em visita, vice-governador diz que ações para segurança são prioridade

Ranolfo Vieira Júnior (PTB) almoçou com autoridades e discursou no plenário da Câmara de Vereadores

Eduardo Tesch
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)

Foto: Renan Mattos (Diário) 

O vice-governador e secretário de Segurança Pública do Estado, Ranolfo Vieira Júnior (PTB), fez uma rápida passagem, hoje, por Santa Maria. Primeiro, ele participou de um almoço com políticos, autoridades e empresários locais. Mais tarde, foi até a Câmara de Vereadores para uma sessão em homenagem ao 19º aniversário do 2º Batalhão de Choque da Brigada Militar. A visita foi organizada pelo gabinete da vereadora e correligionária Deili Silva (PTB), Drª Deili.  

Presidente da Câmara anuncia abertura de processo de impeachment contra Trump

Ranolfo chegou a Santa Maria por volta das 13h e seguiu direto do aeroporto municipal para o restaurante Via Gastronômica. Em sua manifestação, que durou cerca de 30 minutos, o vice-governador enfatizou a importância da área da segurança pública para o Estado, por meio do programa RS Seguro - uma série de ações para a área que, sobretudo, tem o enfoque no compartilhamento de informações e indicadores entre as forças policiais.

Confira a coletiva de imprensa concedida pelo vice-governador e secretário de segurança pública do Estado, Ranolfo Vieira Júnior. 


Em função do programa, Santa Maria vai ganhar 22 câmeras que serão voltadas para o monitoramento do trânsito. A checagem das informações será realizada na Central Integrada da Segurança Pública, que vai ser montada em um prédio na Avenida Medianeira. O investimento será de R$ 1,1 milhão na cidade e o objetivo é terminar a instalação dos equipamentos no primeiro semestre de 2020.

Segundo dados do programa RS Seguro, 18 cidades gaúchas - entre elas Santa Maria - concentram 71% das mortes violentas no Estado.

- Além disso, 88% do roubo a pedestres acontecem nesses municípios. Precisamos ter um olhar diferenciado para essas cidades. Estamos realizando reuniões mensais das forças de segurança com base em evidência científica e indicadores do mês anterior. Trouxemos dados do que subiu, do que desceu e, em cima disso, são planejadas ações para o mês seguinte - explicou o vice-governador.

Ele enfatizou, ainda, que os três batalhões de choque do Estado, um com sede em Santa Maria, receberam reforço de policiais. Além disso, Ranolfo disse que serão chamados mais policias dentro de um cronograma que o Estado deve divulgar nos próximos dias.

- Como é do conhecimento de todos, o Estado passa por um problema fiscal imenso. Para chamar novos servidores, precisamos tomar muito cuidado - afirmou o vice-governador.

Deputado de Santiago quer barrar incentivos a conteúdos 'perversos'

ELEIÇÕES
Questionado pela reportagem sobre a articulação do PTB para as eleições municipais do ano que vem, Ranolfo disse que o partido está tratando do assunto internamente, mas preferiu não falar em nomes ou apontar possíveis coligações:

- Seria prematuro, até porque minha agenda é de governo. Tratar da questão política não seria de bom tom, embora é natural que todos os partidos estejam conversando. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190