coronavírus

Em mapa preliminar, Santa Maria permanece com bandeira vermelha

Tendência é que município não entre com recurso para reverter decisão

18.398

A região de Santa Maria segue com bandeira vermelha no Modelo de Distanciamento Controlado do Estado. Em mapa preliminar da 31ª  semana divulgado pelo governo estadual na tarde desta sexta-feira, o município seguiu classificado como alto risco de contágio. No Estado, apenas a região de Taquara ficou classificada com bandeira laranja. Além de Santa Maria, outras 19 regiões também ficaram em vermelho, incluindo a de Cruz Alta e Uruguaiana.

Veja como está a média móvel de casos confirmados de Covid-19 em Santa Maria

Até domingo, os municípios podem encaminhar um recurso para a reclassificação. O sistema de cogestão segue suspenso no Estado. A decisão foi tomada emergencialmente na última segunda-feira pelo Estado, já que, até então, 90% do Rio Grande do Sul foi classificado como de alto risco.

A prefeitura, por meio de assessoria, confirmou que os dados serão revisados como sempre é feito. Porém, a tendência é que não haja recurso, já que a situação é reconhecida como preocupante. O recurso será encaminhado apenas se houver alguma "incongruência gritante" entre dados do Estado e do município.

Nesta sexta-feira, conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde, a região Covid de Santa Maria tem taxa de ocupação de leitos de UTI de 83,7% (108 ocupados de um total de 129).

SANTA MARIA
Dos quatro indicadores regionais, Santa Maria alcançou bandeira preta em um, no número de hospitalizações por Covid-19 para cada 100 mil habitantes. Os indicadores de número de hospitalizações por Covid-19 nos últimos sete dias levou bandeira vermelha. Outros dois, estágio da evolução da doença e projeção de óbitos ficou em laranja.

O número de hospitalizações por Covid-19 nos últimos sete dias passou de 36 para 42, um crescimento de 17%. O número de óbitos em relação a semana anterior aumentou 29%, de 7 para 9. No caso do indicador de ativos sobre recuperados, a região registrou 759 ativos para 2.619 recuperados, o que representa piora se comparado a última semana.

A bandeira vermelha é resultado da média de todos os indicadores.

ÍNDICES PIORARAM
O Estado como um todo piorou em todos os indicadores considerados no modelo. A maior variação está no número de casos de Covid-19 ativos (aumento de 20%), seguido dos internados em leitos clínicos com Covid-19 nos últimos sete dias (+15%) e óbitos na última semana (+29%).

RESUMO DA 31ª RODADA

Regiões que apresentaram piora, da laranja para vermelha

  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul

Regiões que continuaram na vermelha

  • Bagé
  • Canoas
  • Capão da Canoa
  • Caxias do Sul
  • Cruz Alta
  • Erechim
  • Ijuí
  • Lajeado
  • Novo Hamburgo
  • Palmeira das Missões
  • Passo Fundo
  • Pelotas
  • Porto Alegre
  • Santa Cruz do Sul
  • Santa Maria
  • Santa Rosa
  • Santo Ângelo
  • Uruguaiana

Região que melhorou, da vermelha para laranja

  • Taquara

REGRA 0-0

Municípios que não registraram mortes ou internações por Covid-19 nos últimos 14 dias podem manter regras de bandeira laranja. Na região de Santa Maria, é o caso de 18 cidades:

  • Agudo
  • Cacequi
  • Capão do Cipó
  • Dilermando de Aguiar
  • Dona Francisca
  • Faxinal do Soturno
  • Formigueiro
  • Itacurubi
  • Ivorá
  • Jari
  • Mata
  • Nova Esperança do Sul
  • Pinhal Grande
  • Quevedos
  • São Martinho da Serra
  • São Vicente do Sul
  • Silveira Martins
  • Vila Nova do Sul


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190