na saúde e na doença

Com votos de amor e cumplicidade, casal celebra união dentro do Hospital Universitário

O casamento de Matias e Charlene foi realizado na recepção do 4º andar do hospital, onde a noiva está internada por conta de um câncer

Arianne Lima
Foto: Foto: Márcia Hengemuhle (Unidade de Comunicação Husm/EBSERH)
Uma das organizadoras, Rochele Vidal (à dir, fundo) observa a oficialização da união de Matias e Charlene

Foto: Márcia Hengemuhle (Unidade de Comunicação Husm/EBSERH)

O casamento de Matias e Charlene era para ser uma simples celebração no quarto da noiva, que está internada no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) devido ao tratamento contra um câncer de estômago. Mas, o que o casal não esperava, era que o comunicado da união provocaria uma mobilização por parte dos funcionários da Clínica médica I (Hematologia e Oncologia) para proporcionar um momento inesquecível. 

Na segunda-feira à tarde, ao lado de familiares, amigos e da equipe de enfermagem do Husm, o bombeiro militar Matias Cargnin Zasso, 31 anos, e a analista de RH Charlene Machado, 24, oficializaram a união de 10 anos na recepção do 4° andar do hospital. De acordo com Matias, o desejo de casar era antigo:

- Já estava nos meus planos pedir ela em casamento. Só que estava aguardando chegar o dia 1º de outubro, quando completamos 10 anos de namoro. Entretanto, ela começou a sentir dor um tempo desta data. Nós começamos a investigação, a fazer muitos exames e veio o diagnostico do câncer. Mesmo assim, não desistimos da ideia de casar - afirma  

À pedido do noivo, o oficial de paz do cartório de registro civil das pessoas naturais da 2ª zona de Santa Maria, João Milton Kemmerich, se deslocou até o hospital para realizar o contrato.  

- Eu fui até o cartório, eles não estavam fazendo. Mas eu contei a nossa história e eles resolveram abrir uma exceção para nos ajudar e fazer esse casamento no hospital. 

Mesmo que os dois já tivessem sonhado diversas vezes como seria o casamento, o momento foi surpreendente para os noivos. Matias explica que a iniciativa de realizar uma celebração com direito a decoração, bolo, convite, lembrancinhas e músicos partiu da equipe de enfermagem, que já conhece os dois.

- Eu fiquei impressionado com o esforço que eles fizeram, porque eu falei, na sexta-feira, que casaríamos e foi perguntado se poderia fazer uma cerimônia para não passar em branco a data. Eu disse que podia. E foi tudo feito com muito empenho para proporcionar um momento feliz. Porque é complicado o tratamento que estamos fazendo. Ficamos impressionados - comenta Matias.

SOLIDARIEDADE
Após o comunicado de que haveria um casamento, a enfermeira da unidade, Maria Janete da Silva de Oliveira orientou a secretária da Clinica médica I, Rochele Vidal, 24, a iniciar uma mobilização para organizar o evento, que foi produzido em três dias.

- Fui em busca de doações, porque queria fazer algo lindo e único que realmente marcasse essa data. Na sexta-feira mesmo, postei pedindo ajuda, contatei pessoas que poderiam ajudar nessa maravilhosa missão e obtive respostas positivas sobre - diz Rochele.

Além dos enfermeiros do setor, a equipe de residência Multiprofissional e colaboradores, mais de 10 empresas de Santa Maria aceitaram contribuir para a construção de um cenário mágico. A felicidade de Matias e Charlene foi tão grande, que eles resolveram convidar Rochele e Maria Janete para assinarem como testemunhas da união. Para a secretária, a satisfação dos noivos ao ver tudo pronto foi um presente: 

- Quando me deparei com essa situação, só consegui desejar que tudo desse certo, pois a minha maior recompensa foi a alegria deles na realização desse sonho.

Após participar da organização, Rochele Vidal (à dir, fundo) acompanha a oficialização da união de Matias e Charlene

VOTOS

Durante a celebração, Matias e Charlene recitaram os votos que escreveram um ao outro. As palavras de amor e cumplicidade foram entrelaçadas com os planos para o futuro. Em discurso, Charlene falou sobre reciprocidade e cuidado:

- Espero que nosso futuro seja muito próspero, cheio de saúde, filhos, casa cheia e alegre, com muitas viagens a praia, ao Peru e por tudo por aí. Mal posso esperar para envelhecermos juntos. Eu dou todo o meu amor a você e recebo muito amor em troca.

Já Matias fez uma retrospectiva sobre o primeiro encontro do casal, afirmando ser um plano do destino terem se encontrado na Praça Saldanha Marinho em 2011. O discurso sobre rotina e companheirismo deu espaço ao agradecimento a todos que tornaram aquele momento mais do que especial.

- Somos muito gratos pela oportunidade que nos foi dada. Fizeram-nos sentir únicos, acolhidos e amados. De coração, nosso muito obrigado. Vamos seguir firmes com muita fé acreditando que Deus nos abençoe com a cura, para que possamos constituir nossa tão sonhada família - finaliza Matias.

Além do oficial de paz, o padre da Paróquia Nossa Senhora da Glória, do Bairro Camobi, Valdecir Luiz Felipe participou da cerimônia, dando a benção ao casal.  Foto: Márcia Hengemuhle (Unidade de Comunicação Husm/EBSERH)


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190