previsão do tempo

Chuva, granizo e ventania que chegou a 107km/h causam transtornos na Região Central

Em quatro horas, foram quase 40 milímetros em Santa Maria. Precipitação segue até quarta-feira

18.398


Foto: Rafael Menezes (Bei)
Ponto de alagamento na Rua Radialista Osvaldo Nobre

A chuva começou às 4h15min e não parou mais em Santa Maria. O clima de instabilidade causa transtornos na cidade, mas não há registro de grandes estragos ou alagamentos. Em cidades da região, houve registro de granizo, queda de árvores e alagamento de casas. Em quatro horas, foram quase 40 milímetros em Santa Maria. Em Tupanciretã, a ventania chegou a 107 km/h por volta de 8h, conforme o Inmet. 

Prefeitura confirma mais 24 casos da variante Delta em Santa Maria

SANTA MARIA
A Avenida Nossa Senhora das Dores ficou em meia-pista no sentido Centro-Bairro próximo ao Posto Bambino. De acordo com a Defesa Civil, por volta das 4h,um andaime caiu sobre a rede elétrica, o que causou rompimentos de fios de energia. O motorista de um caminhão que estava no local ficou ferido, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e atendido pelo Corpo de Bombeiros. A área foi isolada.


Foto: Rafael Menezes (Bei)
Rompimento de fiação elétrica no Bairro Dores

Conforme da Defesa Civil, choveu 80 mm em 72h em Santa Maria. A situação mais complicada de alagamentos se dá junto às ruas Videiras com a Laranjeiras, no bairro Jockey Club. Não há registro de desabrigados ou desalojados. Foram distribuídos 50 metros de lona até o momento, para famílias da Nova Santa Marta, Pinheiro Machado e no Residencial Moradas, no Cerrito. 

Um buraco se abriu na Avenida Fernando Ferrari, esquina com a Rua José Mariano da Rocha, no Bairro Nossa Senhora de Lourdes, ao lado de um bueiro, e causa perigo aos motoristas (veja abaixo).


Foto: Rafael Menezes (Bei)
Buraco aberto na Avenida Fernando Ferrari

Há um ponto de alagamento na Rua Radialista Osvaldo Nobre, esquina com a Rua Maestro Roberto Barbosa Ribas, no Bairro Juscelino Kubitschek. A água da chuva está acumulada na pista e dificulta o trânsito de veículos.


Foto: Defesa Civil (Divulgação) / Na Rua E, na Vila Lídia, no Bairro Noal, os muros de uma casa correm o risco de cair, por conta da cheia do Arroio Cadena.

A Defesa Civil de Santa Maria recebeu três chamados para entrega de lonas na manhã desta terça-feira: um no Residencial Moradas, em Camobi, na Região Leste, um no Bairro Nova Santa Marta, na Região Oeste e outro no Bairro Noal, também na Região Oeste. Pela tarde, mais quatro chamados foram atendidos pela equipe, resultando em um total de 80 metros de lona distribuídos até às 18h. 

Às 17h20min, uma equipe da Defesa Civil atendeu um chamado referente um poste em queda na Estrada da Invernadinha em Arroio Grande, distrito de Santa Maria. De acordo com superintendente da Defesa Civil de Santa Maria, Adão Lemos, após a avaliação do risco, a RGE foi notificada sobre o ocorrido. 

NA REGIÃO

No município de Santiago, houve registro de queda de granizo no interior, mas sem causar danos a residências. Uma casa precisou de atendimento após ser alagada. Na BR-287, houve queda de árvores, que interromperam o trânsito momentaneamente no início da manhã.

Em São Pedro Sul, uma casa teve o telhado danificado e precisou ser coberta com lona no Bairro Santo Antônio, conforme o Corpo de Bombeiros.

Em Tupanciretã houve destelhamentos, queda de árvores e granizo. A ventania que chegou a 107 km/h derrubou, ainda, o muro de uma residência. O telhado de um galpão também foi arrancado com o vento forte. A Defesa Civil distribui lonas aos moradores atingidos e ainda contabiliza os estragos. 

Em Cruz Alta, as rajadas de vento chegaram a 86 km/h. Por lá, houve registro apenas de queda de árvores. 


Foto: Defesa Civil de Tupanciretã

ACUMULADOS DE CHUVA NA REGIÃO (até 12h45min)

  • São Vicente do Sul - 111 mm
  • Ivorá - 77 mm
  • Faxinal do Soturno - 71 mm
  • Nova Palma - 70 mm
  • São Martinho da Serra - 67 mm
  • Rosário do Sul - 62 mm
  • Santa Maria - 58 mm
  • Vila Nova do Sul - 57 mm
  • Restinga Sêca - 56 mm
  • Agudo - 55 mm

PREVISÃO DO TEMPO
A chuva deve seguir na Região Central até a quarta-feira. Conforme o meteorologista Gustavo Verardo, da BaroClima Meteorologia, o acumulado previsto neste período é de mais de 70 milímetros. O tempo muda a partir de quinta-feira:

- O tempo fica estável, com sol entre nuvens. O fim de semana começa com sol, mas a tendência é ter chuva e chance de granizo no domingo - explica Verardo.

Confira abaixo os telefones de contato em caso de emergência com a chuva:

BOMBEIROS

  • 193

CENTRO INTEGRADO DE OPERAÇÕES

  • 153
  • 9 9217-8122 (Whats)
  • 9 9167-4728 (Whats)
  • 9 9167-8452 (Whats)

DEFESA CIVIL MUNICIPAL

  • 3222-5192
  • 9 9110-7940 (Whats)

* Colaboraram Felipe Backes, Janaína Wille e Rafael Menezes


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190