balneabilidade

Balneário Passo do Verde segue impróprio para banho

Este é o único local da região considerado impróprio

18.398
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)


Foto: Pedro Piegas (Diário)

O Balneário Passo do Verde, de Santa Maria, mais uma vez foi classificado como impróprio para banho em relatório da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). O sexto relatório de balneabilidade foi divulgado nesta sexta-feira. Entre os 90 pontos analisados, quatro locais estão impróprios para banho (na semana passada eram cinco).

Na Região Central, 11 locais são monitorados. O Balneário Passo do Verde, em Santa Maria, foi considerado impróprio pela terceira semana seguida. O Balneário Ernesto Alves, em Santiago, que estava impróprio atá a semana passada, passou a ser enquadrado como próprio para banho. 

Prefeitura já arrecadou 51% dos valores referentes ao IPTU

Todos os pontos recebem placas informativas, identificando a condição de banho - própria ou imprópria. O projeto Balneabilidade é realizado pela Fepam desde o verão de 1979/1980. As coletas são realizadas semanalmente. Neste veraneio, os boletins informativos são divulgados todas as sextas-feiras, até o dia 26 de fevereiro. 

O Estado permite que os próprios municípios definam se locais públicos, como praias e balneários, podem receber visitantes. A condição é que as prefeituras realizem intensa fiscalização para coibir aglomerações. Além disso, deve haver distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas e uso de máscara. Mesmo durante o período de pandemia e de restrições aos veranistas, o projeto seguirá acontecendo normalmente.

Atualmente estão em condição própria para banho na região:  

  • Cacequi: Balneário São Simão - Rio Santa Maria 
  • Mata: Balneário de Mata - Rio Toropi
  • Nova Palma: Balneários de Nova Palma - Rio Soturno
  • Restinga Sêca: Balneário das Tunas - Rio Vacacaí
  • Rosário do Sul: Praia das Areias Brancas - Rio Santa Maria
  • São Vicente do Sul: Passo do Umbú - Rio Ibicuí
  • Jaguari: Balneário Fernando Schilling - Rio Jaguari
  • São Francisco de Assis: Balneário Poço das Pedras - Arroio Inhacundá
  • São Francisco de Assis: Balneário de Jacaquá - Rio Ibicuí
  • Santiago: Balneário Ernesto Alves - Rio Ibicuí

NO ESTADO
Outros pontos no Rio Grande do Sul que estão em condições impróprias são: Balneário dos Prazeres (Pelotas), Praia do Encontro (São Jerônimo) e o Balneário Rebelo (Tapes).  

Os técnicos do Departamento de Qualidade Ambiental da Fepam alertam que os veranistas procurem sempre locais que apresentam condição da água própria para o banho para evitar riscos à saúde. Outra orientação é não se banhar 24 horas após chuvas intensas, já que pode ocorrer carregamento de esgotos e resíduos para os cursos d'água, ocasionando picos de contaminação. Também é importante não tomar banho em canais pluviais, córregos ou rios que afluem nas praias, pois podem estar contaminados com esgoto doméstico.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190