em Santa Maria

A partir de agora, lojas podem permitir prova de roupas com cuidados de higienização

Estado autorizou que clientes possam experimentar roupas

Natália Müller Poll
Foto: Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

Pela primeira vez durante a pandemia, o governador Eduardo Leite (PSDB) flexibilizou as regras de distanciamento controlado. Ele autorizou, no último domingo, que cada município que possua bandeira de risco amarela ou laranja estabeleça suas próprias medidas de distanciamento, podendo elas serem mais brandas ou, até mesmo, mais rígidas do que as impostas pelo Estado.

Mesmo com essa possibilidade, o secretário Chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez, garante que Santa Maria não terá flexibilizações em relação ao enfrentamento atual do coronavírus.

- Entendemos que o decreto do Estado é muito bem estruturado e é um modelo a ser seguido. Não temos previsão de divulgar um novo decreto municipal neste momento. Estamos vivendo nosso novo normal e a situação, agora, pede equilíbrio - alega Cortez.

Veja como doar e solicitar doações da Campanha do Agasalho 2020

Ele conta que a prefeitura não deixará de ouvir as entidades e todos os setores afetados:

- Nós analisamos caso a caso, mas acreditamos que todo serviço que é realmente necessário e que não oferece riscos já está em funcionamento. A atualização do Decreto Estadual n° 55240 lançou algumas flexibilizações excepcionais neste início de junho, da qual vamos seguir. Ele fala sobre o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e, no inciso XV, trata sobre o uso dos provadores, que é uma das preocupações do comércio.

Após alta hospitalar, médico que contraiu Covid-19 já se recupera em casa

Uma das críticas mais recorrentes dos donos das lojas de roupas e calçados era que, sem experimentar, o cliente acabava não comprando. No dia 1° de junho, a portaria 376/2020 do Estado instituiu um protocolo de funcionamento que possibilita abertura dos provadores de roupas, desde que se tome os devidos cuidados.

APROVADO
A presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Marli Rigo, diz que essa flexibilização é importante para o comércio:

- A liberação dos provadores é positiva para as vendas, assim como para empresários e comunidade. Dá mais segurança para o cliente adquirir o produto.

Como consta na portaria, as regras para o funcionamento dos provadores seguem os padrões de sanitização dos estabelecimentos. É necessário que sejam frequentemente higienizados com álcool 70% ou outro desinfetante, além disso, caso tenham cortinas, elas devem ser higienizadas a vapor e aguardar a secagem para receber o próximo cliente. Evitar aglomerações e manter o distanciamento ideal, são outras regras básicas, além de disponibilizar álcool gel 70% dentro de cada provador.

Manifestação antirracista está marcada para este domingo em Santa Maria

É obrigatório que os clientes permaneçam de máscara por todo tempo em que permanecerem na loja e no provador. É proibido a prova de peças que entrem em contato diretamente com o rosto.

Após cada prova, os vendedores devem seguir mantendo certos cuidados. É necessário higienizar as peças ou deixá-las, por, no mínimo, 48h em aeração, antes de disponibilizá-la a outro cliente. Orientar o uso de álcool gel antes e depois da prova também é essencial.

A portaria alerta para que lojistas observem, semanalmente, a Bandeira Final estabelecida para a região. Em Santa Maria, a bandeira segue sendo laranja.



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190