caso kiss

Últimas testemunhas do júri da Kiss serão ouvidas nesta quarta-feira

Na quinta, começa a fase o interrogatório dos quatro réus

Leonardo Catto
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)

Foto: Pedro Piegas (Diário)

Em sete dias, o júri do Caso Kiss ouviu 23 pessoas. Faltam cinco oitivas. Todas serão feitas nesta quarta-feira, com exceção de Nilvo José Dornelles, que será ouvido nesta terça.

O primeiro depoimento do último dia da fase de inquirição será do prefeito de Santa Maria na época do incêndio, Cezar Schirmer. Ele foi convocado como testemunha pela defesa do réu e ex-sócio da boate Elissandro Spohr. A ordem pode mudar no decorrer do dia, mas, por enquanto, vem Fernando Bergoli depois de Schirmer. Ele é publicitário e foi arrolado pela defesa do outro ex-sócio da boate, Mauro Hoffmann.

Apesar de ter entrado na boate, Pozzobom diz que é erro ser citado como vítima da tragédia

Na sequência, seguirá outra testemunha de Mauro: Geandro Kleber de Vargas Guedes, que trabalhava na administração de uma empresa de distribuição de bebidas. Por fim, o último depoimento será de Ricardo Lozza, promotor de Justiça arrolado pela defesa de Elissandro.

PRÓXIMA FASE
Na sequência, ocorre o interrogatório dos quatro réus (além de Elissandro e Mauro, o ex-vocalista da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos, e o ex-produtor de palco da banda Luciano Bonilha Leão). Defesas estimam que cada um dos quatro réus deve prestar esclarecimentos por um dia inteiro.

Depois dessa fase, ocorre o debate entre acusação e defesas, totalizando nove horas, o que também deve levar um dia de júri, levando em consideração os intervalos e horas de descanso. Depois, os sete jurados que formam o Conselho de Sentença se reúnem em uma sala secreta para decidir que os réus serão condenados ou inocentados.

MAIOR JÚRI
O julgamento do Caso Kiss já é o maior da história do judiciário gaúcho. Antes, o maior era o júri do Caso Bernardo, que condenou quatro pessoas, em 2019, após cinco dias (mais de 50 horas) de julgamento.

QUEM JÁ FOI OUVIDO

Sobreviventes

Chamados pela acusação

Chamados pela defesa de Elissandro

Testemunhas

Ministério Público

Defesa do Marcelo

Defesa do Elissandro

*Inicialmente, Stenio foi arrolado pelo MP. Quando as partes concordaram em reduzir o número de testemunhas, o MP desistiu de ouvi-lo, mas a defesa de Spohr pediu que continuasse na lista de depoimentos, abrindo mão de dois depoentes da própria lista

Defesa do Mauro

  • Tiago Mutti _ engenheiro e primeiro proprietário da Kiss (virou informante) 

QUEM FALTA OUVIR

Terça-feira

  • Nilvo José Dornelles - proprietário de casa noturna (testemunha do Marcelo)

Quarta-feira

  • 9h - Cezar Schirmer - ex-prefeito de Santa Maria (testemunha do Elissandro)
  • Fernando Bergoli - publicitário (testemunha do Mauro)
  • Geandro Kleber de Vargas Guedes - trabalhava na administração de uma empresa de distribuição de bebidas (testemunha do Mauro)
  • Ricardo Lozza - promotor de Justiça de Santa Maria (testemunha do Elissandro)


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190