novo decreto

VÍDEO: escolas ainda não têm prazo para implementar plantões pedagógicos presenciais

Das instituições que a equipe do Diário conseguiu contato, apenas uma já decidiu aderir à modalidade

18.398
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)

Foto: Renan Mattos (Diário)

Mesmo com a autorização da prefeitura de Santa Maria para que as escolas realizem plantões pedagógicos presenciais a partir desta quarta-feira, não há consenso entre as instituições para essa retomada. No total, 12 colégios já estão autorizados pelo Centro de Operação de Emergência em Saúde para a Educação (Coe-e), sendo 11 particulares e um, municipal. Outros quatro estão autorizados, mas ainda precisam aguardar os 15 dias exigidos pelo decreto: um particular e quatro municipais.

No geral, as direções ainda estão realizando reuniões e consultando com o corpo docente para fazer alguma definição. De todas que a equipe do Diário conseguiu contato nesta terça, apenas o Colégio Fátima pretende aderir aos plantões.


Conforme o decreto publicado no último domingo, os plantões pedagógicos podem ocorrer, no máximo, duas vezes por semana, com duração de até 1h20min por disciplina. De acordo com a secretária de Educação de Santa Maria, Lúcia Madruga, o decreto não inclui a Educação Infantil, que já foi regulamentada anteriormente, em outubro. Nesse nível, as escolas da rede particular estão autorizadas a ter atividades presenciais. No entanto, as municipais não podem realizar nem aulas, nem plantões.

- Estamos pensando mais no nono e terceiro ano e nos EJAs. Eventualmente, poderá acontecer que, alguma das nossas escolas, mais organizadas, nos solicitem atendimento a alguns alunos de outras séries. É permitido para o todo, mas, preferencialmente, para quem está encerrando ciclos - explica a titular da Smed.

Atividades presenciais seguem suspensas na UFSM até 30 de novembro

Lúcia também afirma que já foram comprados equipamentos de proteção individual (EPIs) suficientes para as escolas municipais autorizadas até o momento: Castro Alves, Pinheiro Machado, Reverendo Alfredo Winderlich e Chácara das Flores. Um pedido maior, que deve abranger todas as instituições de educação municipais, está em processo de licitação.

Conforme José Luis Eggres, da 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), o decreto municipal dá o amparo para que as escolas estaduais também possam realizar o sistema de plantões escalonados. Uma reunião, prevista para esta quarta-feira, com os diretores das escolas, definirá como será o processo nas instituições do Estado.

ESPECIFICIDADES
Das 16 escolas que o Diário tentou contato, nesta terça, apenas o Colégio Fátima afirmou que deve aderir aos plantões pedagógicos presenciais. Conforme a assessoria de imprensa da escola, a instituição está organizando a forma como os plantões serão realizados. A princípio, apenas os alunos do nono ano do Ensino Fundamento e do terceiro ano do Ensino Médio serão escalonados para ter atendimento, conforme estabelecido no decreto.

Pesquisa internacional aponta que professores no Brasil são mal pagos e desrespeitados

Os colégios Medianeira e Marco Polo já definiram que manterão apenas atividades remotas. As escolas Marista Santa Maria, Riachuelo, Sant'Anna, Providência, Antônio Alves Ramos e Colégio Coração de Maria, além das municipais Reverendo Alfredo Winderlich e Chácara das Flores ainda estão definindo se vão adotar os plantões ou não. A equipe do Diário não conseguiu contato com as demais instituições.

Os plantões presenciais deverão funcionar da seguinte forma:

  • Deverão ocorrer, no máximo, duas vezes por semana, com duração máxima de 1h20min por disciplina
  • Os atendimentos serão realizados de forma escalonada, ou seja, as escolas deverão definir horários e número de alunos por disciplina para evitar aglomerações
  • A prioridade é para os alunos em séries de encerramento de ciclos - aqueles que estão terminando um ciclo da educação, como terceiro ano do Ensino Médio, nono ano do Ensino Fundamental e Educação para Jovens e Adultos (EJA)

Escolas autorizadas

  • Escola Marista Santa Maria
  • Colégio Riachuelo
  • Colégio Sant'Anna
  • Colégio G10
  • Escola Providência
  • Instituto São José
  • Colégio Fátima
  • Colégio Antônio Alves Ramos
  • Colégio Coração de Maria
  • Colégio Medianeira
  • Colégio Centenário
  • Escola Municipal Castro Alves
  • Colégio Marco Polo*
  • Escola Municipal Pinheiro Machado*
  • Escola Municipal Reverendo Alfredo Winderlich*
  • Escola Municipal Chácara das Flores*

* Aguardam os 15 dias necessários após aprovação do plano de contingência pelo Coe-e municipal


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190