contatos Assine
Santa Maria

Sem professores, alunos de escolas municipais estão sem aula há quase um mês

13 Março 2019 06:30:00

Pais questionam como o tempo perdido será recuperado

Da redação
Foto: Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Mesmo com a contratação de docentes, problema se repete na Maria de Lourdes Castro. Em 2018, o ano letivo também atrasou

Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Mesmo com a contratação de docentes, problema se repete na Maria de Lourdes Castro. Em 2018, o ano letivo também atrasou

As aulas na rede municipal de Santa Maria começaram no dia 20 de fevereiro. Porém, alunos de pelo menos duas escolas da rede municipal - a Maria de Lourdes Castro, localizada na Vila Maringá, no Bairro Diácono João Luiz Pozzobon, e a Santa Helena, no bairro Camobi - ainda estão sem professor. O problema atinge, pelo menos, duas turmas do 2º e do 3º anos da Maria de Lourdes Castro e uma turma de 2º ano da Santa Helena.

Pais de alunos entraram em contato com o Diário, preocupados com o prejuízo que seus filhos podem ter com o atraso no início das aulas.
- Já vai fazer quase um mês que as aulas começaram e, até agora, nada. Como eles vão recuperar isso, depois? - questiona a mãe de um dos alunos, que pediu para não ser identificada.

O Diário tentou, ao longo da tarde de ontem, contato com a direção da Escola Maria de Lourdes Castro, mas as mais de 10 ligações realizadas não foram atendidas. Segundo os pais, o mesmo problema ocorreu no início do ano passado, quando a escola ficou sem três professores. De lá para cá, a prefeitura contratou mais de 350 novos docentes, que foram distribuídos nas 75 instituições que compõem a rede municipal.

A direção da escola Santa Helena informou que as aulas começaram com duas turmas sem professor. No último dia 8, o colégio recebeu o professor titular da turma de 3º ano.

- Recebemos um professor, mas ainda temos 22 alunos sem professor e sem previsão. Essa turma está sendo atendida pela direção, eles vêm à escola, mas não têm continuidade e referência, justamente em um ano de alfabetização, tão importante para eles. Essa é a qualidade da educação que queremos? E a nossa situação não é de agora. A aposentadoria dos professores estava prevista há dois anos. Encaminhamos o pedido em outubro passado para a prefeitura. Passado um mês do começo das aulas, não temos nem previsão de quando chega professor titular para a turma de 2º ano - afirmou a diretora da Santa Helena, Silvana Minello Alegransi.

MEC publica portaria que regula emissão de diploma digital

O QUE DIZ A PREFEITURA
Sobre a escola Maria de Lourdes Castro
Em nota, a prefeitura de Santa Maria confirmou que, "recentemente, duas vagas de professor foram abertas na Escola Municipal Maria de Lourdes Castro. Um dos casos diz respeito ao pedido de aposentadoria de uma servidora. Já o outro ocorreu porque a direção da própria escola remanejou uma professora para outra função".

Sobre a reposição desses dois professores na escola, um do 2º ano e outro do 3º ano do Ensino Fundamental, a assessoria de comunicação da prefeitura informou que o pedido para o preenchimento dessas duas vagas já foi aprovado pela Secretaria de Finanças, e que o edital deve ser publicado até o final desta semana. Porém, a reposição desses profissionais deverá ocorrer somente após ser concluído todo o processo, ou seja, cerca de 15 dias.

Sobre a Escola Santa Helena
O Diário aguarda o posicionamento da prefeitura


fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
atendimento@diariosm.com.br
ouvidoria@diariosm.com.br
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190