saúde mental

Estudante de Jari cria projeto voltado ao combate à depressão em alunos do Estado

O trabalho consiste em questionário sobre como os jovens têm se sentido nas últimas duas semanas

Foto: Reprodução
João Lucas (no canto inferior, à dir.), 17 anos, baseou-se na própria trajetória e criou questionário sobre depressão entre os jovens. Em reunião com os embaixadores da Educação, soube da conquista em MG

O estudante João Lucas Moreira Oliveira, 17 anos, enfrenta a depressão desde 2016, e como forma de vencê-la, decidiu ajudar outros jovens que passam por dificuldades como a dele. O morador de Jari usou sua experiência para criar um formulário destinado às escolas do Rio Grande do Sul. E, por meio das perguntas, já ajudou a identificar cerca 450 casos de depressão ou ansiedade entre alunos da Educação Básica do Estado.

João Lucas tentou contato diretamente com o governo gaúcho, mas, como ainda não obteve retorno, passou a viajar para cidades do Interior e apresentar pessoalmente para os prefeitos o projeto Depressão na Adolescência, de sua autoria.

Feira fortalece trabalho feminino e artesão em Santa Maria

Em Tupanciretã, o projeto foi apresentado e, conforme o prefeito Gustavo Terra (PP), só não foi totalmente posto em prática em função das aulas remotas:
- Já planejamos inserir a ideia do João Lucas no nosso Plano Municipal de Combate à Depressão e Suicídio. Vamos priorizar a aplicação do formulário nas escolas de Ensino Médio, que têm maior presença de adolescentes.

De acordo com João Lucas, o formulário leva em conta as duas semanas anteriores à resposta do questionário e é o suficiente para perceber se há sintomas da doença. O formulário é baseado na escala de Ideação Suicida de Beck (BSI) e tem respostas que vão de 0 a 2, conforme a intensidade do desejo (veja abaixo).
- Uma vez que notamos alguns sinais, encaminhamos para profissionais da saúde, que vão se encarregar de cuidar do tratamento - diz

O estudante criou a ONG JL do Bem, que trabalha para que adolescentes não sofram do mesmo problema. E foi por meio dela que ele conseguiu uma bolsa de estudos integral na Faculdade Arnaldo, em Belo Horizonte (MG). Ele inscreveu o projeto Depressão na Adolescência no programa Empower, que contou com parceria do Sebrae e do grupo Embaixadores da Educação.

Após passar por uma série de etapas e bancas, ele ficou entre os 13 finalistas e conquistou a tão sonhada vaga para cursar Administração. Segundo Guilhermina Abreu, diretora executiva do Embaixadores da Educação, o trabalho apresentado por João Lucas encantou a banca de jurados pela persistência e empatia de buscar ajudar o próximo.

ESTUDOS E LIVRO
Inicialmente, o adolescente pensava em fazer o curso na modalidade online, mas recebeu a proposta de estudar presencialmente qualquer curso da instituição. Agora, ele avalia o que será o melhor para ele:

- Ainda não decidi o que vou fazer daqui para a frente. Há a possibilidade de cursar Jornalismo na Unicruz, em Cruz Alta. Estou escrevendo um livro, com lançamento para fevereiro, e estudar EaD seria o ideal.

Vacinação contra a Covid-19 chega para quem tem 35 anos ou mais na próxima semana

O QUESTIONÁRIO
O formulário com alternativas a respeito da vontade de viver e a frequência de pensamentos suicidas têm escalas de 0 a 2:

  • 0 - Tenho um desejo de viver que é de moderado a forte
  • 1 - Tenho um desejo fraco de viver
  • 2 - Não tenho desejo de viver
  • 0 - Tenho breves períodos com ideias de me matar que passam rapidamente
  • 1 - Tenho períodos com ideias de me matar que duram algum tempo.
  • 2 - Tenho longos períodos com ideias de me matar
  • 0 - Minhas razões para querer cometer suicídio têm em vista principalmente influenciar os outros, como conseguir me vingar das pessoas, torná-las mais felizes,fazê-las prestar mais atenção em mim, etc..
  • 1 - Minhas razões para querer cometer suicídio não têm em vista apenas influenciar os outros, mas também representam uma maneira de solucionar meus problemas
  • 2 - Minhas razões para querer cometer suicídio se baseiam principalmente numa fuga de meus problemas 

*Colaborou Gabriel Marques


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190