memorando

Estado convoca professores para retornarem às atividades presenciais na próxima segunda

Servidores e educadores, exclusivamente dos ensinos Médio e Técnico, voltarão em regime de plantão

18.398

Foto: Pedro Piegas (Diário)

Matéria atualizada em 2 de outubro de 2020 às 19h53min

A Secretaria Estadual da Educação (Seduc) divulgou um memorando, nesta quinta-feira, convocando professores e servidores, exclusivamente do Ensino Médio e Ensino Técnico, para o retorno às atividades presenciais nas escolas a partir da próxima segunda-feira. Segundo a assessoria de comunicação da secretaria, as aulas presenciais devem voltar para esses níveis a partir do dia 20.

Aulas para crianças de até 5 anos podem voltar a partir de 13 de outubro

O retorno das atividades será em regime de plantão, com revezamento e escalonamento de equipes, a fim de cumprir os protocolos sanitários do modelo de distanciamento social controlado. Até o começo presencial das aulas, serão realizadas ações de organização das equipes, adaptação dos ambientes frente aos protocolos e alinhamento pedagógico à Matriz de Referência do Modelo Híbrido de Ensino. Entre os requisitos para a ação estão a aquisição e o uso de máscaras, álcool gel, termômetro, luvas descartáveis de látex, produtos de higienização, água sanitária e desinfetantes, conforme os protocolos sanitários.

Para as aulas, o Estado afirma que irá garantir todos os materiais para as equipes das escolas e para os estudantes. Além disso, será feito um investimento extra de R$ 270 milhões para aprendizagem, capacitação, aquisição de equipamentos de proteção e materiais de desinfecção e contratação de professores e profissionais de apoio (serventes e merendeiras).

Com 37 novos óbitos, RS chega a 4.852 mortes associadas à Covid-19

A retomada depende da classificação das regiões conforme o modelo de Distanciamento Controlado. No caso de permanência na bandeira vermelha, as atividades presenciais não voltarão. Além disso, é preciso que as cidades fiquem em bandeira laranja por pelo menos duas semanas para que as aulas ocorram nas próprias escolas.

Segundo José Luis Viera Eggres, titular da 8ª Coordenadoria Regional de Educação (8ª CRE), uma reunião entre a coordenadoria e as equipes diretivas das escolas ocorrerá na segunda-feira, a fim de definir quais os próximos passos para o possível retorno das atividades.

REPERCUSSÃO 
Conforme o representante do 2º núcleo do Cpers/Sindicato, Rafael Torres, apesar de a notícia não ter sido recebida com surpresa, a convocação causa preocupações. A categoria terá uma assembleia geral na próxima quinta-feira para discutir o que será feito. 

- Nós queremos garantias de que as escolas não serão um ponto de disseminação do vírus - afirma Torres.

EDUCAÇÃO INFANTIL
As aulas da Educação Infantil da rede particular, que estavam programadas para retornar dia 13, também estarão suspensas. Para que as atividades possam ser realizadas de forma presencial, a região precisa ficar classificada com bandeira laranja por, pelo menos, duas semanas. Como a tendência é de que a região de Santa Maria não entre com recurso para troca da bandeira, não há previsão para que as atividades presenciais voltem nas escolas.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190