terra dos poetas

Escritores de Santiago lançam oito obras literárias por meio da Lei Aldir Blanc

Autores foram selecionados por meio de edital. A maioria lança livros pela primeira vez

Foto: Pedro Piegas (Diário)

A Secretaria de Educação e Cultura, e a Casa do Poeta de Santiago lançaram oito livros por meio da Lei Aldir Blanc. Com tiragem total de 1,2 mil exemplares, o edital foi uma forma de fomentar a cultura na cidade durante a pandemia e incentivar autores anônimos que estavam em busca da primeira publicação.

Metade das obras são contos e histórias destinadas ao público infantil. Conforme o Coordenador de Cultura, Rodrigo Neres, os livros também tiveram participação das crianças, que desenharam e ilustraram as páginas.

- Hoje nós somos a Terra dos Poetas, mas precisamos garantir que no futuro ainda seremos. Nesse sentido, envolver as crianças nisso é uma forma de garantir este legado - diz.

Além disso, as obras Alice em realidades e sonhos, Branca como a neve e Terra do sempre, são classificadas como literatura infantil e inclusiva.

A partir de 20 de agosto, RSC-287 entra em nova era

De acordo com o presidente da Casa do Poeta, Ronaldo Gomes, a publicação de um livro requer várias etapas, que muitas vezes são onerosas aos autores, e por meio dos recursos destinados à cidade, foi possível encontrar novos autores.

- O Padrão Internacional de Numeração de Livro, o registro dos direitos autorais, editoração e impressão são fatores que desestimulam novos escritores, mas com a Lei Aldir Blanc foi possível tornar estes processos gratuitos - explica Gomes.

O lucro obtido com a venda dos livros é totalmente dos autores e organizadores, bem como outras pessoas que contribuíram no processo também receberam pelo trabalho, como bibliotecários, diagramadores, ilustradores (incluindo crianças) e gráficas.

Os lançamentos aconteceram na Estação do Conhecimento, com restrição de número de participantes para sessões de autógrafos. Até o momento, 900 livros já foram vendidos.

- A cultura não pode parar. Esta foi uma forma de mostrar que estamos vivos, que ainda estamos aqui - comenta Neres

As obras

  • Amor, Lembrança e saudade, de Marlene Brandão
  • Alice em Realidades e Sonhos, de Raquel Machado
  • Branca como a Neve, de Silvana da Rosa
  • Cantares: coletânea de poemas, contos e crônicas, org de Roseli Antunes e Casa do Poeta de Santiago
  • Deixa Florescer, de Luana Diello
  • Histórias que precisam ser contadas, org. da Associação de Conversação e Proteção Animal
  • Terra do Sempre, de Eduarda Bittencourt
  • Você é louco e eu também, sabia?, de Dulcinei Machado da Silva


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190