educação

Escola Sergio Lopes recebe poste novo, mas ainda não tem energia elétrica restabelecida

Depois de um temporal, no começo de setembro, escola ficou sem luz. Ainda nesta semana, serão avaliados os danos em eletrodomésticos

Leonardo Catto
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)

Foto: Pedro Piegas (Diário)

A escola Sergio Lopes, sem luz desde 8 de setembro, recebeu um novo poste na última terça-feira. A energia elétrica, contudo, não foi restabelecida ainda. A previsão é que a concessionária religue a luz ainda nesta semana. Depois disso, serão avaliados danos em eletrodomésticos.

Quase todos os centros da UFSM devem retomar aulas práticas até o fim do ano

Por enquanto, até sexta-feira, a rede municipal segue em recesso. Antes, as aulas seguiram da forma que foi possível, em horários reduzidos e no formato remoto. Como ainda não se sabe o estado da fiação do prédio, não há previsão certa de como será a retomada na próxima segunda-feira.

Até quinta-feira, é esperado que a luz seja religada. A preocupação da coordenadora pedagógica Ana Paula Quevedo Postal Brignol é que equipamentos tenham sido danificados. Há manchas de chamas em algumas lâmpadas.

 - Vamos ver o que aconteceu, se todos os fios estão bons. Mas temos medo que possa ter estragado algum aparelho que estivesse ligado, ou que os próprios fios tenham pego fogo - conta.

Foto: Pedro Piegas (Diário)

O REPARO
Foram cinco semanas desde o temporal até a chegada do novo poste. A secretaria municipal de Educação (SMEd) pagaria pelos cerca de R$ 6 mil pelo poste. Depois, contudo, o custo coube à escola. Os gastos que deixaram de ser cobertos no orçamento da escola poderão ser pagos com um repasse emergencial do município, segundo a coordenadora.

- Vamos pagar o poste com a verba que nós temos. E as futuras verbas vão nos ajudando com outras coisas. Até o final do ano, a escola já recebeu uma ajuda para outras demandas - afirma Ana Paula.

Projeto leva espetáculo virtual do Teatro Por Que Não? para sete cidades da região

Na época em que o poste queimou, uma empresa chegou a vistoriar a demanda. Entretanto, a proposta foi considera cara pela prefeitura. O Executivo falou, na época, que o que foi danificado pelo temporal foi apenas o transformador de um poste externo à escola.

As aulas seguiram apenas em dias de sol. As turmas da tarde tiveram horário reduzido até 16h30min. A merenda ficou em um freezer do Colégio Antônio Alves Ramos. Todos os dias, funcionários da escola precisam ir a pé ou com o próprio veículo buscar. O serviço administrativo também foi realocado, em uma sala cedida pelo Shopping Praça Nova. Antes do recesso, eram 140 alunos que frequentam as aulas em todos os níveis no formato híbrido e escalonado na Sergio Lopes, no Bairro Renascença.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190