educação online

Em três semanas, site de estudos para o Enem da região passa de 1,2 mil alunos cadastrados

Momento de Aprender reúne módulos gratuitos para o Enem, além de manter parcerias com prefeituras para facilitar o acesso

18.398

Fotos: reprodução

A plataforma Momento de Aprender foi lançada no final de maio com os primeiros módulos preparativos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Ela foi criada por jovens de Faxinal do Soturno com a intenção de disponibilizar não só os conteúdos da prova, mas também cronogramas que auxiliem como o estudo pode ser feito. 

VÍDEO: aeroporto de Santa Maria tem recorde em operações de aviação geral

Na primeira semana de atividades, o site tinha 218 estudantes cadastrados. Apesar de a maioria ser do Rio Grande do Sul, eles estavam espalhados por nove estados brasileiros. Ao fechar a terceira semana, o Momento de Aprender somava 1.222 cadastros de alunos distribuídos em todos os estados brasileiros. Os dados são da última sexta-feira,conforme os gestores da plataforma.


O Momento de Aprender já tem projeção em todo território nacional. Quanto mais escura a cor, maior concentração de alunos em cada estado

O crescimento é fruto do empenho do grupo em estender a atuação da plataforma. Uma das idealizadoras do projeto, a publicitária Júlia Veber, conta que a projeção nacional vem tanto do trabalho nas redes sociais quanto do desempenho de cada integrante em divulgar a plataforma.

- A gente tá fazendo uma movimentação de patrocínio nas redes sociais, para sair da bolha do Rio Grande do Sul, e parcerias. A Bruna Fernandes Ceolin é responsável por contato com prefeituras. Ela já entrou em contato com um rapaz do Pará, que já tem uma iniciativa local. Eu tenho uma tia que é professora de geografia em Barra do Bugre, no Mato Grosso. Ela também compartilhou com colegas e alunos das redes públicas e privada. Outra menina do grupo mora atualmente em Santos, e está tentando divulgar na Universidade Estadual Paulista (Unesp). A movimentação é para atingir vários estados - explica.

Cenário da Covid-19 piora, e região de Santa Maria passa para bandeira vermelha

Uma dos 1.222 é da estudante Gabriela Cargnin. Ela cursa o terceiro ano do Ensino Médio na Escola Estadual de Educação Básica Tiradentes, em Nova Palma. Ela conheceu a plataforma pelo Instagram e por recomendação dos próprios professores. A adaptação foi fácil segundo a estudante.

- Gostei muito da plataforma pelo fato que tem resumos claros, simples, que a gente entende. Logo após tem os testes, que ajudam a fixar a matéria - relata.

Gabriela já seguia com os estudos em casa. Entretanto, o Momento de Aprender serviu como um conteúdo complementar.

- Se encaixou como complemento aos estudos. Está muito complicado estudar a distância. É muito bom ter um cronograma para estudar. Eu até falei com meus colegas, a gente não sabia como se organizar. Eu recomendaria a plataforma a todos estudantes que vão concluir o Ensino Médio e a quem já terminou os estudos e quer prestar algum concurso - recomenda.

Quem já cursa o Ensino Superior também aderiu ao modo de estudo do Momento de Aprender. Walef Lincoln cursa Psicologia  na Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro. Ele pretende prestar o Enem devido ao custo do curso atualmente. A plataforma é, para ele, a forma de preparação.

- Infelizmente a faculdade tem ficado cada vez mais cara. Porém, não tranquei, continuo trabalhando para pagá-la. Procurava uma plataforma de estudos, pois não consigo pagar um cursinho - contou em mensagem de agradecimento em uma rede social do Momento de Aprender.

Direto da linha de frente: profissionais registram rotinas na UTI Covid do Husm

De acordo com os gestores da plataforma, o número de voluntários também aumentou. São 40 pessoas entre alunos de graduação e professores que atuam voluntariamente na elaboração dos módulos. 

- Nossos voluntários também são um pessoal de fora. Temos uma voluntaria na disciplina de redação, por exemplo, o que é interessante por uma diversidade maior na nossa linguagem - explica Júlia.

Outro idealizador do Momento de Aprender, Eduardo Ceolin fala que, na próxima semana, deve ser apresentado uma nova possibilidade no site. Um algoritmo iria avaliar de que modo cada aluno tem mais facilidade de aprender, o que poderia direcioná-lo para cada forma diferente de estudo.

- Estamos muito felizes, cada vez tem mais gente querendo participar. Estamos puxando outras frentes, principalmente fora do Estado. Além disso, temos as ideias tecnológicas, vamos apresentar para escolas e divulgar esse trabalho, que acredito ser o diferencial da plataforma - comemora. 

UFSM e prefeitura arrecadam equipamentos de informática

PARCERIAS
Um dos objetivos dos criadores da plataforma era fazer parcerias com prefeituras e secretarias de educação para estimular o uso do site por estudantes da rede pública. Segundo um balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), 81% dos inscritos no Enem 2020 são estudantes oriundos de escolas públicas.

Estudantes de Nova Palma podem contatar a Secretaria Municipal de Educação (veja como aqui). O órgão deve encaminhar os alunos para um espaço destinado ao acesso da plataforma. Já em Faxinal do Soturno, São João do Polêsine, Agudo e Cachoeira do Sul, os interessados podem acessar o Momento de Aprender nos pólos da Universidade Aberta do Brasil (UAB) nos respectivos municípios.

Acompanhe o Momento de Aprender no Facebook e no Instagram.

*Colaborou Leonardo Catto


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190