rede estadual

Em assembleia, Cpers descarta greve sanitária contra o retorno presencial de aulas

Aulas presenciais chegaram a ser retomadas nesta segunda-feira. Em Santa Maria, adesão de estudantes foi baixa

Leonardo Catto
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)

Foto: Renan Mattos (Diário)

O conselho do sindicato dos professores da rede estadual (Cpers) teve uma agenda movimentada nesta segunda-feira, quando também foram retomadas as aulas presenciais na rede gaúcha de ensino, com baixa adesão dos estudantes. Pela manhã, o sindicato se reuniu com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) e representantes do governo estadual. À tarde, uma assembleia geral, de modo online, discute as mobilizações da categoria.

UFSM abre uma vaga para professor substituto do Magistério Superior

A greve sanitária foi descartada pela categoria. Entretanto, os professores ainda se mantém contrários ao retorno presencial do ensino. Eles defendem a manutenção do ensino remoto e ainda discutem como será a mobilização.

A assembleia também discute o adiamento de eleições da diretoria do sindicato. A discussão ainda está em andamento.

Atividades presenciais seguem suspensas na UFSM até 31 de maio

SEM ACORDO
A reunião do Cpers com o TJRS e representantes do governo estadual também contou com participação do 
Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) e Sindicato do Ensino Privado (Sinepe) e da prefeitura de Porto Alegre. A ideia era buscar uma conciliação sobre volta às aulas.

Em coletiva de imprensa após a reunião, Helenir Schürer, presidente do Cpers, disse que, após cerca de três horas de discussão, não houve nenhum tipo de negociação. A reunião foi suspensa e remarcada para quarta-feira à tarde. Ainda na coletiva, Helenir criticou o governo por não apresentar propostas ou sinalizar negociação.

O Cpers, junto da Associação de Mães e Pais pela Democracia, entrou com liminar na Justiça pedindo a suspensão de atividades presenciais após o Estado ficar classificado com bandeira vermelha. Sem consenso no encontro desta segunda, o jurídico do Cpers deve pedir que a Justiça julgue o pedido liminar.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190